Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/26887
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2020_PaulaMariaAraujoDosSantos_tcc.pdf1,42 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Juventude consciente : o que pensam os jovens dos centros olímpicos sobre a formação cidadã no ensino médio
Autor(es): Santos, Paula Maria Araújo dos
Orientador(es): Faleiros, Vicente de Paula
Assunto: Cidadania
Ensino médio - estudantes
Educação
Direitos de cidadania
Data de apresentação: 18-Ago-2020
Data de publicação: 1-Mar-2021
Referência: SANTOS, Paula Maria Araújo dos. Juventude consciente: o que pensam os jovens dos centros olímpicos sobre a formação cidadã no ensino médio. 2020. 44 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Políticas Públicas, Infância, Juventude e Diversidade)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Resumo: Para a mudança em um contexto social, a educação é parte fundamental na formação de uma sociedade mais justa e equânime, cujos professores são peças importantes nesse processo de formação cidadã. A partir desse pressuposto, este trabalho tem como objetivo refletir sobre a cidadania e o reconhecimento plural de direitos propostos no currículo do ensino médio, com base no artigo 206 da Constituição Federal. Ele também faz uma análise da elaboração do conceito de cidadania em cinco Centros Olímpicos do Distrito Federal, a partir da concepção de cinco jovens concluintes do ensino médio, como participantes da pesquisa em um grupo focal, possibilitando identificar questões em torno do contexto em que eles estavam inseridos com base na narrativa individual e coletiva. A aprendizagem do conteúdo disciplinar do ensino médio tem revelado que a referida proposta de educação como uma importante estratégia para a formação cidadã do estudante, alicerçada em princípios democráticos e de perspectiva protagonista, cujo emprego de forma transversal alcançaria os intentos propostos. A partir da reflexão do referido estudo, que envolve relações de poder e de conflitos materializados na forma de condutas pessoais, percebe-se uma política pública educacional que, visivelmente, apresenta a cidadania no Currículo em Movimento e na Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio, além de estar pautada na legislação desde a Constituição de 1988. Todavia, se compromete nas ações pedagógicas da escola e/ou do professor, tendo em vista a complexidade da cidadania, que é influenciada pela família, pela escola e pela sociedade.
Abstract: For change in a social context, education is a fundamental part in the formation of a more just and equitable society, whose teachers are important parts in this process of citizen formation. Based on this assumption, this paper aims to reflect on citizenship and the plural recognition of rights proposed in the high school curriculum, based on article 206 of the Federal Constitution. It analyzes the elaboration of the concept of citizenship in five Olympic Centers in the Federal District, based on the conception of five young high school graduates, as research participants in a focus group, making it possible to identify issues surrounding the context in which they were inserted with based on individual and collective narrative. The learning of the disciplinary content of high school has revealed that the aforementioned Education proposal as an important strategy for the student's citizen formation, based on democratic principles and a protagonist perspective, whose use in a transversal way would raise the proposed intentions. From the reflection of the referred study, which involves power relations and conflicts materialized in the form of personal conduct, a public educational policy is perceived that visibly presents citizenship in the Curriculum in Motion and in the Common Curriculum National Base of High School, in addition to based on legislation since the 1988 Constitution, however, it is committed to the pedagogical actions of the school and / or the teacher, in view of the complexity of citizenship, which is influenced by the family, school and society.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Curso de Especialização em Políticas Públicas, Infância, Juventude e Diversidade, 2020.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor que autoriza a Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM) a disponibilizar o trabalho de conclusão de curso por meio do sítio bdm.unb.br, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 International, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece na Coleção:Políticas Públicas, Infância, Juventude e Diversidade



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.