Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/7902
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_SarahJardimSena.pdf646,29 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Inclusão educacional : um estudo sobre a implementação da política em uma escola pública do DF
Autor(es): Sena, Sarah Jardim
Orientador(es): Santos, Catarina de Almeida
Assunto: Educação inclusiva
Inclusão escolar
Distúrbios da personalidade borderline
Data de apresentação: 15-Dez-2013
Data de publicação: 22-Jul-2014
Referência: SENA, Sarah Jardim. Inclusão educacional: um estudo sobre a implementação da política em uma escola pública do DF. 2013. 59 f. Monografia (Licenciatura em Pedagogia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: Segundo o art. 6 da Constituição Federal do Brasil, todo cidadão residente possui direitos sociais ao que é fundamental para o desenvolvimento do indivíduo, como por exemplo, a educação. Por isso, o dever do Estado é efetivado mediante o atendimento especializado gratuito aos educandos com necessidades especiais, segundo a Lei nº 9.394/96. Este trabalho busca analisar e compreender como uma Escola Classe localizada no Distrito Federal lida com a inclusão educacional, por meio da análise da proposta pedagógica do trabalho desenvolvido com um aluno com Transtorno de Personalidade Borderline, para responder como se dá a implementação da política de inclusão educacional. Encontram-se três capítulos que descrevem as políticas de inclusão no Brasil, o Transtorno de Personalidade Borderline, e a análise de dados. A metodologia utilizada baseou-se numa pesquisa qualitativa do tipo estudo de caso através do diário de campo. A análise de dados evidenciou que há contradições em relação ao que é dito e feito na implementação das políticas de inclusão na escola pública. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
According to the Brazilian Constitution, in its 6th article, every citizen has the social right to what is essencial to the individual development, such as education. Therefore, the State duty is complete through the free specialized care to the students with special needs, according to the 9.394/96 Brazilian Law. This paper intend to analyze and understand how a School in the Federal District deals with the educational inclusion by the analysis of the pedagogical proposal used to word with a Borderline Personality Disorder student, answering how is the implementation of inclusive education policy. There are three chapters to describe Brazilian inclusion policies, the Borderline Personality Disorder and the data analisys. The methodology used was a qualitative research through a case study, based on a field journal. The data analysis showed that there are contradictions between what is done in the implementation of the inclucion policy in the public school.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2013.
Aparece na Coleção:Pedagogia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons