Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/5318
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_ElizanaMonteirodosSantos.pdf264,51 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Prática pedagógica de estudantes da área de conhecimento de ciências da natureza e matemática do Curso de Licenciatura em Educação do Campo da UnB
Autor(es): Santos, Elizana Monteiro dos
Orientador(es): Wolff, Eliete Ávila
Assunto: Educação do campo
Prática de ensino
Professores - formação
Data de apresentação: 1-Mar-2013
Data de publicação: 7-Jun-2013
Referência: SANTOS, Elizana Monteiro dos. Prática pedagógica de estudantes da área de conhecimento de ciências da natureza e matemática do Curso de Licenciatura em Educação do Campo da UnB. 2013. 101 f., il. Monografia (Licenciatura em Educação do Campo)—Universidade de Brasília, Planaltina, 2013.
Resumo: Esta pesquisa teve como objetivo analisar as diversas práticas pedagógicas que vem sendo desenvolvidas pelos estudantes do curso de Licenciatura em Educação do Campo da área de Ciências da Natureza e Matemática da Universidade de Brasília, a partir das experiências de Inserção Orientada na Escola – IOE, estágios, complexos temáticos, PIBID e projetos de extensão. Os estudantes da LEdoC vem desenvolvendo as suas práticas pedagógicas de forma articulada e interdisciplinar a partir da formação por área. A partir da formação na LEdoC estes adquiriram uma concepção de formação docente humanista e revolucionária, mudando o seu modo de pensar a docência, relacionando a sua prática com o lugar em que vivem. O movimento pela Educação do Campo tem demonstrado a justa luta dos povos do campo por melhorias na educação e valorização das lutas sociais, culturas e espaços de produção do conhecimento. São inúmeras as conquistas deste movimento algumas materializadas em políticas públicas concretas, conquistas de escolas e formação de intelectuais orgânicos. A formação de educadores do campo está voltada para uma formação crítica pela práxis tendo a docência como espaço de ensino e aprendizagem. Formando educadores comprometidos com a realidade do seu tempo. A formação por área é um esforço de articulação das diversas áreas do conhecimento numa perspectiva interdisciplinar. O trabalho pedagógico nas escolas do campo precisam estar fundamentadas nas matrizes pedagógicas e formadoras da Educação do Campo. A alternância é parte fundamental nesta lógica de formação de educadores e a reflexão que os educandos trazem da vivência na Inserção Orientada na Comunidade e Inserção Orientada na Escola complementam a sua formação e o exercício da práxis. Estas práticas vêm se enriquecendo com um trabalho coletivo e articulado destes estudantes nas suas escolas e comunidades, acirrando as contradições existentes, a exemplo as experiências dos bolsistas do PIBID nas escolas. O desenvolvimento destas práticas partiram das atividades elaborados pelos estudantes na metodologia dos complexos temáticos e aprimoradas nesta relação entre Tempo Comunidade e Tempo Escola. Por fim os professores da área de ciências refletem o quanto estas iniciativas contribuem na formação destes educadores e propõem diversas ações a serem tomadas em conjunto para aprimorar a formação por área em alternância. ___________________________________________________________________________ RESUMEN
Este estudio tuvo como objetivo analizar las distintas prácticas pedagógicas que se han desarrollado por estudiantes de la Licenciatura en Educación Rural en el área de las Ciencias Naturales y Matemáticas de la Universidad de Brasilia, a partir de las experiencias de integración escolar Oriented - OIE, pasantías , los complejos temáticos, proyectos Pibid y extensión. Los estudiantes de LEdoC estado desarrollando sus prácticas de enseñanza en un articulado y de formación interdisciplinaria por área. De la formación en estos LEdoC adquirido una concepción humanista del maestro y revolucionario, cambiando su forma de pensar sobre la enseñanza, en relación con su práctica con el lugar en el que viven. El movimiento de Educación Rural ha demostrado la justa lucha de los pueblos del campo por las mejoras en la educación y la apreciación de las luchas sociales, culturas y espacios de producción de conocimiento. Hay un sinnúmero de logros de este movimiento se materializaron en algunas políticas concretas, los logros de las escuelas y la formación de intelectuales orgánicos. El campo de la formación docente se enfrenta a una formación crítica mediante la adopción de la práctica docente como espacio para la enseñanza y el aprendizaje. La formación de los educadores comprometidos con la realidad de su tiempo. El área de formación es un esfuerzo conjunto de las distintas áreas de conocimiento en una perspectiva interdisciplinaria. El trabajo educativo en las escuelas en el campo deben estar basadas en la educación y formación pedagógica de Campo. Una parte clave de esto está cambiando la formación docente y la reflexión lógica que los estudiantes traigan la Integración Orientada experiencia e Inclusión en la Escuela de la Comunidad orientada a complementar su formación y el ejercicio de la praxis. Estas prácticas han sido enriquecidas con un colectivo y articulada a estos estudiantes en sus escuelas y comunidades, agudizando las contradicciones, como las experiencias de los becarios Pibid escuelas. El desarrollo de estas prácticas partió actividades preparadas por los alumnos en la metodología de esta compleja relación temática y mejorada entre la hora y la Escuela de la Comunidad Time. Finalmente, los profesores de ciencias de reflejar cómo estas iniciativas contribuyen a la formación de estos educadores y proponer diferentes acciones que se deben tomar en conjunto para mejorar el área de la formación en alternancia. ____________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study aimed to analyze the various pedagogical practices that have been developed by students of the Bachelor of Rural Education in the area of Natural Sciences and Mathematics at the University of Brasilia, from the experiences of School Oriented Integration - IOE, internships , thematic complexes, Pibid and extension projects. Students of LEdoC been developing their teaching practices in an articulated and from interdisciplinary training by area. From training in these LEdoC acquired a humanistic conception of teacher and revolutionary, changing your way of thinking about teaching, relating to his practice with the place in which they live. The movement for Rural Education has demonstrated the just struggle of the peoples of the field by improvements in education and appreciation of social struggles, cultures and spaces of knowledge production. There are countless achievements of this movement materialized in some concrete policies, achievements of schools and training of organic intellectuals. The field of teacher education is facing a critical formation by taking practice teaching as space for teaching and learning. Forming educators committed to the reality of their time. The training area is a joint effort of the various areas of knowledge in an interdisciplinary perspective. The educational work in schools in the field need to be grounded in the pedagogical and forming of Field Education. A key part of this is switching logic teacher training and reflection that students bring in the experience Oriented Integration and Inclusion in the Community Oriented School complement their training and exercise of praxis. These practices have been enriched with a collective and articulated these students in their schools and communities, sharpening the contradictions, such as the experiences of the fellows Pibid schools. The development of these practices departed activities prepared by students in the methodology of this complex thematic and improved relationship between Time and Time Community School. Finally the teachers of sciences reflect how these initiatives contribute to the formation of these various educators and propose actions to be taken together to improve the area for training in alternation.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Planaltina, 2013.
Aparece na Coleção:Educação do Campo



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons