Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/3891
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_JoseJoardvanCamelodeFreitas.pdf5,56 MBAdobe PDFver/abrir
Título: A importância da gestão da qualidade na Ceasa do Distrito Federal
Autor(es): Freitas, José Joardvan Camelo de
Orientador(es): Del Grossi, Mauro Eduardo
Assunto: Alimentos - qualidade
Abastecimento de alimentos
Gerenciamento de serviços
Data de apresentação: 2011
Data de publicação: 1-Out-2012
Referência: FREITAS, José Joardvan Camelo de. A importância da gestão da qualidade na Ceasa do Distrito Federal. 2011. 37 f. Monografia (Bacharelado em Gestão do Agronegócio)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Resumo: Este estudo tem como objetivo a realização do Estágio Supervisionado do curso de Gestão do Agronegócio, como requisito para a conclusão do curso. A empresa escolhida para estagiar foi a Centrais de Abastecimento do Distrito Federal/AS, CEASA – DF. Este trabalho tem como objetivo principal enfatizar a importância da qualidade na gestão do Sistema Ceasa-DF, da produção à comercialização. Entenda-se que a qualidade, como enfoque deste trabalho, aplica-se a todas as fases do abastecimento de hortigranjeiros, alem de abarcar as condutas padronizadas no manuseio, desde o emprego correto dos defensivos químicos, colheita, acondicionamento, transporte, até a exposição desses produtos nas bancas para a comercialização. Serão tratados os assuntos relativos à limpeza, higienização e sanidade. Outro aspecto relevante de que trata este trabalho, diz respeito à análise das práticas administrativas desenvolvidas na gestão atual, as medidas levadas a efeito e que estão em fase de andamento, bem como mudanças sugeridas para viabilizar o desenvolvimento das atividades, sejam estas, ligadas ao planejamento das ações gerenciais ou operacionais e a supervisão dos procedimentos padronizados, constantes do regulamento de mercado da Ceasa do Distrito Federal. No intuito de coletar informações que servissem de base para a confecção deste trabalho, foi feita uma pesquisa com os permissionários, produtores, serventuários e clientes. As técnicas gerenciais aqui contextualizadas evocam o uso sistemático de algumas ferramentas de gestão, referidas aos públicos interno e externo e almejam o alcance dos padrões minimamente estabelecidos pelo movimento da qualidade, através do processo de “melhorias contínuas”.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, 2011.
Aparece na Coleção:Gestão do Agronegócio



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons