Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/2866
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_GabrielRodriguesBorges.pdf243,13 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Uma genealogia da estética de Murilo Rubião e a herança literária machadiana
Autor(es): Borges, Gabriel Rodrigues
Orientador(es): Corrêa, Ana Laura dos Reis
Assunto: Literatura brasileira
Assis, Machado de, 1839-1908
Rubião, Murilo, 1916-1991
Ficção fantástica
Literatura e sociedade
Data de apresentação: Set-2010
Data de publicação: 13-Fev-2012
Referência: BORGES, Gabriel Rodrigues. Uma genealogia da estética de Murilo Rubião e a herança literária machadiana. 2010. 65 f. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado/Licenciatura em Letras Português e Respectivas Literaturas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Resumo: Compreender e apresentar a constituição do trabalho estético de Murilo Rubião (1916-1991) e a influência de Machado de Assis (1839-1908) para essa composição com base na relação dialética entre forma literária e processo social em nação periférica é o objetivo dessa monografia. O foco é no modo como algumas personagens são compostas de maneira a dar forma literária ao sujeito perverso em condições periféricas, às relações pessoais fundadas na política do favor e na arbitrariedade surgida da legislação vazia de significado próprio no processo brasileiro de modernização tardia e na figuração de um mundo administrado que se esquiva à compreensão da lógica de seu funcionamento e organização. O desenvolvimento se deu mediante a leitura de algumas narrativas, bem como da fortuna crítica referente aos estudos sobre as obras dos autores, tendo como base os pressupostos da crítica histórico-dialética, especialmente as análises e as reflexões de Antonio Candido, Hermenegildo Bastos e Roberto Schwarz. O corpus escolhido para esta análise são os contos “Bárbara”, “Teleco, o coelhinho” e “Alfredo”, todos constantes do volume Contos Reunidos, de Murilo Rubião (2005); o conto “Idéias do canário” da obra A desejada das gentes e outros contos (1997) e o conto/novela “A parasita azul” do volume Histórias da meia-noite (2003), de Machado de Assis. Notar-se-á que tornou-se mais evidente, pelo estudo genealógico da constituição estética de Murilo Rubião com base na influência machadiana, que determinadas circunstâncias e fatos permaneceram, com a mesma brutalidade e violência, na formação histórico-literária da nação brasileira. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Understand and present the constitution of the aesthetic work of Murilo Rubião (1916-1991) and the influence of Machado de Assis (1839-1908) for this composition based on the dialectical relationship between literary form and social process in peripheral nation is the goal of this monograph. The focus is on how some characters are composed in order to redact the perverse conditions in outlying regions, the personal relations based on the policy of favoritism and arbitrariness arising in the legislation itself empty of meaning in the Brazilian process of modernization in late and figuration a managed world that eludes the understanding of the rationale for its operation and organization. The development started by reading some of the narratives, as well as the critical references to studies on the works of authors, based on the assumptions of historical-critical dialectic, especially the analysis and reflections of Antonio Candido, Hermenegildo Bastos and Roberto Schwarz. The corpus chosen for this analysis are the stories “Barbara”, “Teleco, o coelhinho” and “Alfredo”, all contained in the Contos Reunidos (2005), by Murilo Rubião; the story “Idéias de canário” of A desejada das gentes e outros contos (1997) and the short story / novel “A parasita azul” of Histórias da meia-noite (2003), by Machado de Assis. Note that it’ll become more evident, the genealogical study of the constitution of Murilo Rubião’s aesthetic based on the influence of Machado de Assis, that certain facts and circumstances remained, with the same brutality and violence, in historical and literary formation of the Brazilian nation.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Monografia em Literatura, 2010.
Aparece na Coleção:Letras - Português



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons