Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/28368
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2020_GabrielFernandoLimaSoares_tcc.pdf1,65 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Manoel Brigadeiro : o rei do samba : caminhos do pós-abolição na trajetória de um sambista negro do Rio de Janeiro no Distrito Federal (1922-2015)
Autor(es): Soares, Gabriel Fernando Lima
Orientador(es): Pinto, Ana Flávia Magalhães
Assunto: Negros - representações
Samba
Distrito Federal (DF) - cultura
Data de apresentação: 2020
Data de publicação: 26-Ago-2021
Referência: SOARES, Gabriel Fernando Lima. Manoel Brigadeiro: o rei do samba: caminhos do pós-abolição na trajetória de um sambista negro do Rio de Janeiro no Distrito Federal (1922-2015). 2020. 84 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado e Licenciatura em História)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Resumo: O presente trabalho buscou evidenciar dinâmicas da presença negra no pós-abolição, com foco no campo cultural do Distrito Federal. Isso foi feito através da investigação historiográfica acerca da trajetória do sambista Manoel Frederico Soares, mais conhecido como Manoel Brigadeiro, embaixador vitalício do samba de Brasília. Através de fontes jornalísticas, entrevistas orais, imagens do Arquivo Público do Distrito Federal, material audiovisual e bibliografia do contexto, esse trabalho discorreu sobre a vida e obra de Manoel Brigadeiro desde sua origem no Rio de Janeiro até seu estabelecimento na cena cultural do Distrito Federal. Amparado em métodos da micro-história e valorizando perspectivas de liberdade, procurou-se evidenciar a pertinência do mapeamento da presença negra no campo cultural do Distrito Federal, uma vez que, a partir dessa configuração, se pode perceber dinâmicas sociais e políticas gerais. A incorporação de sujeitos como Manoel Brigadeiro ao repertório da história social serve para o combate à subalternização sofrida por homens e mulheres negras que fizeram parte da construção civil, intelectual e cultural do Distrito Federal, mas que não foram percebidos como sujeitos históricos importantes para a região.
Abstract: The present work sought to show dynamics of the black presence in the post-abolition, more specifically in the cultural field of the Federal District. This was done through historiographical investigation about the trajectory of samba artist Manoel Frederico Soares, better known as Manoel Brigadeiro, lifelong ambassador of Brasilia's samba. Through journalistic sources, oral interviews, images from the Public Archive of the Federal District, audio-visual material and bibliography of the context, this research discussed the life and work of Manoel Brigadeiro from his origin in Rio de Janeiro to his establishment in the cultural scene of the Federal District. Through microhistory methods and valuing perspectives of freedom, we tried to highlight the pertinence of mapping the black presence in the cultural field of the Federal District, since from this configuration it is possible to perceive general social and political dynamics. The incorporation of subjects like Manoel Brigadeiro in the social history field serves to combat the subordination suffered by black men and women who were part of the civil, intellectual and cultural construction of the Federal District, but who were not perceived as important historical subjects for the region.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de História, 2020.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor que autoriza a Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM) a disponibilizar o trabalho de conclusão de curso por meio do sítio bdm.unb.br, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 International, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece na Coleção:História



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.