Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/26919
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2020_DanielleDeOliveiraAtta_tcc.pdf832,6 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Masculinidades tóxicas em crianças de 5/6 anos : uma desconstrução que perpassa a sala de aula
Autor(es): Atta, Danielle de Oliveira
Orientador(es): Faleiros, Vicente de Paula
Assunto: Masculinidade tóxica
Crianças - comportamento sexual
Papel social
Família e escola
Data de apresentação: 27-Jul-2020
Data de publicação: 4-Mar-2021
Referência: ATTA, Danielle de Oliveira. Masculinidades tóxicas em crianças de 5/6 anos: uma desconstrução que perpassa a sala de aula. 2020. 38 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Políticas Públicas, Infância, Juventude e Diversidade)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Resumo: Esse estudo busca analisar a construção de masculinidades tóxicas em crianças da Educação Infantil. Aborda as manifestações da dominação masculina e da superioridade concentrada na figura do homem que ocorrem no ambiente escolar. A pesquisa foi direcionada aos estudantes do sexo masculino de 5/6 anos de idade matriculados no 2º período de uma escola pública de Sobradinho – Distrito Federal. Trata-se de uma proposta de caráter descritivo qualitativo realizada através de um estudo de caso baseado em duas situações de investigação: 1) brincar de faz de conta; 2) compor desenho usando figuras masculinas e femininas. O método deste estudo usa figuras e colagem adequadas à idade dos participantes, com consentimento dos responsáveis. Observou-se que a masculinidade tóxica é algo presente nos discursos e em situações escolares e familiares e que os meninos são desencorajados a demonstrar seus sentimentos. Confirmou-se que a identidade masculina é herdeira de uma espécie de cultura que justifica sua superioridade e seu cotidiano é permeado por ofertas de comportamentos mais agressivos, fortes, duros, de protagonismo e autoridade, em especial voltado para o âmbito público e externo. Nesse sentindo é preciso questionar pedagogicamente as bases da ideologia patriarcal e pensar políticas públicas que trabalhem questões de gênero nas escolas a fim de orientar meninos a cuidarem mais e melhor de si e dos outros.
Abstract: This study seeks to analyze the construction of toxic masculinities in children in early childhood education. It addresses the manifestations of male domination and superiority concentrated in the figure of man that occur in the school environment. The research was aimed at 5/6 year old male students enrolled in the 2nd period of a public school in Sobradinho - Distrito Federal. It is a qualitative descriptive proposal carried out through a case study based on two research situations: 1) playing pretend; 2) compose drawing using male and female figures. The method of this study uses figures and collage appropriate to the age of the participants, with the consent of those responsible. It was observed that toxic masculinity is present in speeches and in school and family situations and that boys are discouraged from showing their feelings. It was confirmed that the male identity is heir to a kind of culture that justifies its superiority and its daily life is permeated by offers of more aggressive, strong, hard, protagonist and authority behaviors, especially aimed at the public and external spheres. In this sense, it is necessary to pedagogically question the bases of patriarchal ideology and think public policies that work with gender issues in schools in order to guide boys to take better care of themselves and others.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Curso de Especialização em Políticas Públicas, Infância, Juventude e Diversidade, 2020.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor que autoriza a Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM) a disponibilizar o trabalho de conclusão de curso por meio do sítio bdm.unb.br, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 International, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece na Coleção:Políticas Públicas, Infância, Juventude e Diversidade



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.