Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/25826
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2020_AnaCarolinaCesarSoares_tcc.pdf1,09 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Análise da utilização do teletrabalho em épocas de crise, ponderando as dificuldades e vantagens
Autor(es): Soares, Ana Carolina Cesar
Orientador(es): Lima, Clarissa Melo
Assunto: Teletrabalho
Serviço público
Empresas privadas
Coronavírus (COVID-19)
Qualidade de vida no trabalho
Data de apresentação: 27-Jul-2020
Data de publicação: 31-Out-2020
Referência: SOARES, Ana Carolina Cesar. Análise da utilização do teletrabalho em épocas de crise, ponderando as dificuldades e vantagens. 2020. 59 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Administração)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Resumo: O presente trabalho monográfico traz como tema o Teletrabalho, visando principalmente, apresentar as dificuldades e as vantagens deste formato de trabalho, em especial, nos momentos de crise. Teve como objetivo geral analisar como o Teletrabalho é estruturado para buscar atingir um maior número de pessoas do serviço público e privado com uma boa qualidade, eficácia e que supra as demandas por meio da análise de estudos já realizados, para tanto foi aplicado questionário estruturado elaborado a partir de 15 itens com escala Likert de 5 pontos, fruto de brainstorming realizado juntamente a um grupo focal, que se encontra atuando neste modelo de trabalho via o aplicativo de comunicação Teams. Especificamente, o estudo apresenta o conceito e principais aspectos do Teletrabalho, analisa a perspectivas dos agentes envolvidos, relata os benefícios do Teletrabalho, expõe os desafios enfrentados para sua efetivação e analisa sua real aplicação e efetividade em momentos de crises. Para composição do estudo a metodologia empregada teve fins exploratórios e utilizou a pesquisa bibliográfica, além do grupo focal e do questionário aplicados, utilizando abordagem qualitativa e quantitativa. Após a analise dos dados percebeu-se que o Teletrabalho é uma forma de exercício das funções do cotidiano profissional efetivada à distância, utilizando ferramentas tecnológicas e de informação que asseguram um contato direto entre o teletrabalhador e a instituição, traz economia de tempo, custo e risco quanto ao deslocamento até o trabalho, além de racionalizar o consumo dos recursos, melhorar a qualidade de vida dos servidores e promove a cultura orientada para resultados. Conclui-se que há uma boa qualidade, eficácia e que supre as demandas, porém, o Teletrabalho deve ser estruturado com base em mudanças organizacionais estratégicas que possam possibilitar novas formas de flexibilização do trabalho, alicerçadas na utilização das tecnologias da informação e comunicação. Para sua inserção deve haver uma mudança na cultura e na estrutura da instituição, a partir de um planejamento bem definido, tendo-se um estudo aprofundado da capacidade organizacional de mudar e se adaptar a este modelo de trabalho.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Gestão de Políticas Públicas, Departamento de Administração, 2020.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor que autoriza a Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM) a disponibilizar o trabalho de conclusão de curso por meio do sítio bdm.unb.br, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 International, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece na Coleção:Administração



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.