Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/25034
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_RebeccaNavegaCruzFerraz_tcc.pdf325,73 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Os efeitos da política externa dos Estados Unidos no Sistema Interamericano de Direitos Humanos
Autor(es): Ferraz, Rebecca Navega Cruz
Orientador(es): Lessa, Antônio Carlos
Assunto: Política externa
Política externa - Estados Unidos
Estados Unidos
América Latina
Direitos humanos
Data de apresentação: 2-Abr-2018
Data de publicação: 29-Jul-2020
Referência: FERRAZ, Rebecca Navega Cruz. Os efeitos da política externa dos Estados Unidos no Sistema Interamericano de Direitos Humanos. 2018. 29 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Relações Internacionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: O presente artigo visa analisar os efeitos da política externa norte-americana no Sistema Interamericano de Direitos Humanos. O crescimento da projeção internacional dos Estados Unidos durante o século XX como potência global afeta sobremaneira as relações com a América Latina. Nesse período, surgem diversos mecanismos que facilitam a integração do continente americano tal como a Organização dos Estados Americanos e o Sistema Interamericano de Direitos Humanos, que operaram como instrumentos da política externa estadunidense para assegurar seus interesses na região. Apesar de os EUA terem sido o principal motivador da criação do sistema, na década de 60, o desenvolvimento e relativo sucesso no enfrentamento a violações de Direitos Humanos deveu-se a capacidade dos Estados latino-americanos de promover o adensamento normativo do mecanismo.
Abstract: The present article aims to analyse the effects of U.S foreign policy in the Interamerican System of Human Rights. The growing international presence of U.S during all twenty century as a global power affects the relations with Latin America. In this period, several mechanism emerged and facilitate the integration of the american continent such as the Organization of American States and the Interamerican System of Human Rights, which operates as U.S foreign policy tools to guarantee its interests in the region. Despite the fact that U.S has been the mainly motivation force to the creation of the system, during the 1960´s, the development and relatively success to tackling human rights violations was due to the capacity of latin-american states of promoting the normative consolidation of the system.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, XIX Curso de Especialização em Relações Internacionais, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor que autoriza a Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM) a disponibilizar meu trabalho de conclusão de curso por meio do sítio bdm.unb.br, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 International, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece na Coleção:Relações Internacionais - Especialização



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.