Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/2177
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_AlbertoDosSantosMeira.pdf407,45 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Gestão financeira : as influências da análise de crédito e risco no crescimento das micro e pequenas empresas gráficas do DF.
Autor(es): Meira, Alberto dos Santos
Orientador(es): Oliveira Neto, José Carneiro da Cunha
Almeida, Riezo Silva
Assunto: Administração financeira
Pequenas e médias empresas
Investimentos - análise
Risco de crédito
Data de apresentação: 2010
Data de publicação: 2-Dez-2011
Referência: MEIRA, Alberto dos Santos. Gestão financeira: as influências da análise de crédito e risco no crescimento das micro e pequenas empresas gráficas do DF. 2010. 86 f. Monografia (Bacharelado em Administração)—Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Resumo: No Brasil boa parte das MPEs são administradas por pessoas que não possuem capacitação adequada a esse objetivo, algumas largaram seus empregos para serem empreendedores, mas sequer conhecem métodos ou processos para a gestão das mesmas. Na indústria gráfica do DF não é diferente, encontramos empresários que não possuem noção do que é um controle financeiro e das conseqüências que isso pode implicar para o futuro das suas empresas. Na atualidade, para uma MPE gráfica crescer ela precisa de investimentos constantes, principalmente em maquinários, e para isso, deve buscar fontes de financiamentos mais baratos, e, no Brasil, os mesmos são disponibilizados pelo BNDES através dos bancos estatais como Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal e alguns bancos privados. Para que um financiamento desse porte seja aceito por parte do Banco Central é necessário que essas empresas passem por avaliações de risco e crédito, processos que os bancos utilizam para se resguardar de possíveis prejuízos e para tal, busca garantias de que a situação financeira dos seus clientes está alinhada com os valores solicitados e com os investimentos a serem realizados. No caso do DF, as MPEs gráficas estão sempre procurando tais financiamentos para garantir qualidade e rapidez nos seus serviços, mas boa parte delas já teve recusado seus pedidos de financiamento devido a essas análises de risco impostas pelo banco ao cliente, - análises de liquidez e/ou rating são alguns exemplos - ou apenas por falta de garantias dadas pela empresa que cubra o valor pretendido junto ao banco. Através de pesquisa junto aos empresários gráficos do DF, levantamos que essa situação vem mudando, já que diversas delas estão conseguindo liberar suas solicitações de financiamento, mas àquelas empresas que ainda insistem em não praticar uma gestão financeira condizente com as exigências atuais de risco estão encontrando dificuldades para crescer. Concluímos que, um empresário que utilize ao menos de processos e controles financeiros básicos e que apresente dados reais da situação financeira atual da empresa poderá crescer nesse mercado ou estará fadado a parar no tempo até o dia em que sua empresa perecerá.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Departamento de Administração, 2010.
Aparece na Coleção:Administração



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons