Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/20726
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_NicollasStefanSoaresDaCosta_tcc.pdf417,38 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Estudo sobre a variação do coeficiente beta no mercado de capitais americano antes e após a crise financeira de 2008
Autor(es): Costa, Nicollas Stefan Soares da
Orientador(es): Mendes, Krisley
Assunto: Crise econômica
Risco (Economia)
Modelo de Precificação de Ativos Financeiros (CAPM)
Data de apresentação: 2018
Data de publicação: 27-Set-2018
Referência: COSTA, Nicollas Stefan Soares da. Estudo sobre a variação do coeficiente beta no mercado de capitais americano antes e após a crise financeira de 2008. 2018. 39 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Mercado Financeiro e Investimentos)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: A crise financeira de 2008 desencadeou um ajuste no sistema financeiro mundial. Em face desse cenário, o presente trabalho analisou as ações pertencentes as bolsas americanas NASDAQ e NYSE, estimando os betas mediante o método de mínimos quadrados (MMQ) conforme o modelo de precificação de ativos (CAPM) para uma janela temporal de 60 meses antes e após a crise financeira. Após considerar os critérios de seleção das empresas, foram investigas 2052 empresas da NASDAQ e 2292 empresas da NYSE, e assim estimados os betas antes e após a crise. Além do mais, elaborou-se uma análise setorial para verificar a estabilidade dos betas após a crise, para tal foi utilizado o teste de hipóteses para igualdade de média aritmética para variância desconhecida, a partir das empresas que tiveram os betas significativos. Em visto disso, para a bolsa da NASDAQ, seis setores rejeitaram a hipótese nula do teste para um nível de significância de 5%, enquanto que 11 setores da bolsa da NYSE rejeitaram a hipótese nula, ou seja, os betas desses setores manifestaram alterações no risco sistemático após a crise de 2008. Assim sendo, essa modificação observada reflete no risco das empresas em detrimento dos efeitos da crise financeira para os setores analisados.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Ciências Contábeis Atuariais, 2018.
Aparece na Coleção:Mercado Financeiro e Investimentos



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons