Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/17195
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_AntonioCarlosdeBritoChaves_tcc.pdf853,17 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Processos de mudança organizacional em contextos produtivos no setor de agronegócios
Autor(es): Chaves, Antônio Carlos de Brito
Orientador(es): Brito, Maria Júlia Pantoja de
Assunto: Cooperativas agrícolas
Administração rural
Data de apresentação: Nov-2015
Data de publicação: 19-Jun-2017
Referência: CHAVES, Antônio Carlos de Brito. Processos de mudança organizacional em contextos produtivos no setor de agronegócios. 2015. 67 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Gestão de Agronegócios)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: Este trabalho tem como objetivo investigar os aspectos do processo de mudança organizacional em relação a atitude das pessoas em uma cooperativa de agronegócio no Distrito Federal, bem como analisar os tipos de natureza de mudanças organizacionais ocorridas nos últimos anos na cooperativa estudada, diagnosticar fatores de mudança ocorridas na cooperativa pesquisada e estudar as limitações percebidas pelos gestores e funcionários da organização. A escolha nesta área se deu pelo fato do agronegócio ser um campo que está bastante atuante no Brasil. Contudo, apresenta dificuldades com as demandas na área de inovações tecnológicas e sendo também um tema bastante discutido no meio agroindustrial. Para alcançar os objetivos do trabalho, foi feito um estudo por meio de entrevistas com três gerentes de área e o vice-presidente da cooperativa investigada, estes que detinham mais conhecimento sobre o processo de mudança e trinta e três funcionários da cooperativa de diversos setores. Foi utilizado também uma escala de atitudes composta por 3 fatores chaves e 46 itens, validada por Neiva e Paz em 2004. Com os resultados obtidos das entrevistas, foi possível analisar que a mudança organizacional dentro do contexto da cooperativa foi do tipo contínua e incremental/organizacional. Os entrevistados consideraram que a exposição a mudança ocorreu de forma positiva, gerando uma resposta de aceitação, mas com os fatores de oposição apresentando números significativos.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2015.
Aparece na Coleção:Gestão do Agronegócio



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons