Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/8550
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_ThiagoMarquesPereira.pdf480,71 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Avaliação institucional e desenvolvimento de projetos : fazendo política e educação
Autor(es): Pereira, Thiago Marques
Orientador(es): Silva, Edileuza Fernandes da
Assunto: Avaliação institucional
Educação
Data de apresentação: 18-Mai-2013
Data de publicação: 7-Out-2014
Referência: PEREIRA, Thiago Marques. Avaliação institucional e desenvolvimento de projetos: fazendo política e educação. 2013. 47 f. Monografia (Especialização em Coordenação Pedagógica)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: A Avaliação Institucional de uma escola se configura como um espaço político de discussão e de tomadas de decisões sobre a organização do trabalho pedagógico, envolvendo, assim, o posicionamento crítico, os interesses e as expectativas dos sujeitos que participam desse momento. Esse trabalho relata o entendimento dos professores e gestores de uma escola pública do Distrito Federal sobre o processo de Avaliação Institucional e da elaboração, reformulação, consolidação ou exclusão dos projetos pedagógicos desenvolvidos pela própria instituição. O objetivo da pesquisa é verificar em que medida a Avaliação Institucional se apresenta como instrumento de análise e validação desses projetos. Para isso, dez professores que participaram das duas últimas Avaliações Institucionais (2011 e 2012) foram entrevistados e falaram das suas percepções sobre a interdependência desses momentos avaliativos e o desenvolvimento de três grandes projetos realizados pela escola: o “Festival da Paz”, os “Jogos escolares” e o “Trabalho Interdisciplinar”. Esse estudo indica que a participação dos atores na Avaliação Institucional e coordenações coletivas amplia o entendimento e a importância desses momentos avaliativos para a escola e para o próprio sujeito. Os professores entrevistados reconhecem a importância da participação de toda a comunidade escolar durante esse processo, porém nem todos os segmentos são inseridos nesses momentos e os principais atores participantes, com poder de decisão, se restringem aos professores e gestores da escola. Concluiu-se, com esse trabalho, que a Avaliação Institucional e os momentos de coordenação pedagógica são instrumentos políticos importantes de validação dos projetos pedagógicos desenvolvidos pela escola e de ampliação dos espaços democráticos de debates e decisões coletivas.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Ministério da Educação, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Centro de Formação Continuada de Professores, Secretaria de Educação do Distrito Federal, Escola de Aperfeiçoamento de Profissionais da Educação, Curso de Especialização em Coordenação Pedagógica, 2013.
Aparece na Coleção:Coordenação Pedagógica



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons