Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/6956
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_RodrigoAlvesXavier.pdf524,06 kBAdobe PDFver/abrir
Título: A contextualização e o ensino de astronomia : uma análise de oficinas do Projeto Escola nas Estrelas
Autor(es): Xavier, Rodrigo Alves
Orientador(es): Guimarães, Eliane Mendes
Coorientador(es): Brito, Paulo Eduardo de
Assunto: Astronomia
Ciências - estudo e ensino
Prática de ensino - ciências
Data de apresentação: 16-Dez-2013
Data de publicação: 30-Jan-2014
Referência: XAVIER, Rodrigo Alves. A contextualização e o ensino de astronomia: uma análise de oficinas do Projeto Escola nas Estrelas. 2013. 17 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciências Naturais)—Universidade de Brasília, Planaltina-DF, 2013.
Resumo: Resumo: Atualmente o educador deve adotar uma postura de mediador do conhecimento, ao invés de transmissor, assim surgem diversas abordagens metodológicas para auxiliar ao professor a adoção dessa nova postura docente. Uma dessas abordagens é a contextualização do ensino, que vem sendo discutida, frequentemente, nos meios educacionais. Examinando a importância dessa abordagem para o ensino surgiu a necessidade de verificar se as oficinas, foguete de garrafa pet e planisfério, realizadas pelo projeto Escola nas Estrelas, vem adotando, em sua execução, abordagens que possibilitem a contextualização. Para realizar essa verificação, embasados na literatura, desenvolvemos um conceito para esse termo, contextualização, e elencamos cinco pontos fundamentais que representam essa abordagem, posteriormente, através de memorias e anotações pessoais, descrevemos como vem sendo realizadas essas oficinas pelos integrantes do projeto e por fim, utilizando dos cinco pontos representativos de contextualização, avaliamos se essas oficinas vem sendo desenvolvidas de acordo com essa abordagem metodológica e qual o seu potencial de contextualização. Os resultados obtidos nos mostram que as duas oficinas tem potencial de contextualização, porém o modo como a oficina do foguete de garrafa pet vem sendo abordada não é contextualizado.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, Licenciatura em Ciências Naturais, 2013.
Aparece na Coleção:Ciências Naturais



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons