Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/6024
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_WeberAlvesSantos.pdf1,27 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Impactos socioambientais da expansão urbana na bacia hidrográfica do Córrego do Atoleiro, Planaltina-DF
Autor(es): Santos, Weber Alves
Orientador(es): Cruz, Tânia Cristina da Silva
Assunto: Urbanização
Crescimento urbano - Distrito Federal (DF)
Impacto ambiental
Gestão ambiental
Bacias hidrográficas
Data de apresentação: 24-Jul-2013
Data de publicação: 13-Set-2013
Referência: SANTOS, Weber Alves. Impactos socioambientais da expansão urbana na bacia hidrográfica do Córrego do Atoleiro, Planaltina-DF. 2013. xii, 58 f., il. Monografia (Bacharelado em Gestão Ambiental)—Universidade de Brasília, Planaltina-DF, 2013.
Resumo: As ações humanas sempre causaram perturbações sobre o ambiente natural, contudo, nos últimos séculos, elas atingiram níveis e escalas globais de degradação ambiental. Devido ao intenso crescimento da população humana e o seu adensamento em núcleos urbanos desde o final do século XIX, o crescimento das cidades é um fator de elevada promoção de impactos ambientais, constituído, entre outros, por processos não ecológicos de ocupação territorial e urbanização. É possível observar esta dinâmica na construção da mais nova capital brasileira, Brasília e, consequentemente, na formação do Distrito Federal, onde subúrbios foram criados para ocupação das classes sociais mais pobres. Nestes locais, os processos de ocupação territorial e de urbanização ocorreram de modo precário e até mesmo em desacordo com as diretrizes legais. Como consequência, têm-se áreas com intensa degradação ambiental e baixa qualidade de vida da população local. Como objeto de estudo destas questões foram selecionados os parcelamentos urbanos encontrados na área da Bacia Hidrográfica do Córrego do Atoleiro, localizada na cidade de Planaltina-DF. O trabalho teve por objetivo geral identificar os impactos ambientais do processo de urbanização da referida área, utilizando-se tanto referências primárias como secundárias para o alcance deste item. Assim sendo, realizou-se a caracterização do processo de ocupação e a análise de indicadores sociais e ambientais da região e em seguida foi proposto um Plano de Gestão Ambiental para o tratamento dos impactos verificados na área. Por fim, os objetivos e hipóteses previamente formulados para a verificação da ocorrência de impactos socioambientais na área tiveram a validade discutida na conclusão. Por meio da caracterização do processo de ocupação territorial e do diagnóstico das condições sociais e ambientais da área conseguiu-se caracterizar os impactos socioambientais mais significativos, tendo em vista a eficácia do uso do modelo Pressão-Estado-Impacto-Resposta (PEIR). _________________________________________________________________________ ABSTRACT
Human actions have ever caused disturbance on the natural environment, however in the latest centuries they got global environmental degradation levels and scales. In despite of the thintense population growing and its densification in urban centers since 19 century late, the growing of the cities is a factor of high environmental impacts promotion, made of non- ecological occupation and urbanization processes. It is possible to note this dynamic in the building of the newest Brazilian capital, Brasília, and consequently in the formation of the Federal District (DF), where suburbs were formatted for the occupation of the poorest social class. In those places, the territorial occupation process and urbanization happened on a precarious way and even disagreeing with law statements. Consequently, there are areas within an intense environmental degradation and low inhabitants quality of life. The spatial reference selected for the study of these questions is the urbanization at Córrego do Atoleiro Hydrographic Basin, in Planaltina-DF. The essay had as objective to identify the environmental impacts from the urbanization process of the area, using primary and secondary references for reaching this goal. Therefore, the occupation process characterization was made and the analysis of social and environmental indicators of the region. After that, it was proposed an Environmental Management Plan for considering the impacts verified at the area. At the end, each hypothesis previously done about the occurrence of environmental impacts at the area has its acceptability discussed on the conclusion. Characterizing territorial occupation process and diagnosticing social and environmental area conditions has become possible identify more significant social and environmental impacts, by the way the efficacy of the Drivers-Pressure-State-Impact-Response (DPSIR) framework.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Planaltina, Curso de Gestão Ambiental, 2013.
Aparece na Coleção:Gestão Ambiental



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons