Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/5194
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_AdelsonFelizardodaSilvaJunior.pdf640,88 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Disseminação de inovações nos serviços públicos: um estudo sobre inovações desenvolvidas na Câmara dos Deputados
Autor(es): Silva Junior, Adelson Felizardo da
Orientador(es): Vargas, Eduardo Raupp de
Assunto: Serviço público
Câmara dos Deputados - Brasil
Inovações tecnológicas
Difusão de inovações
Data de apresentação: 5-Mar-2013
Data de publicação: 28-Mai-2013
Referência: SILVA JUNIOR, Adelson Felizardo da. Disseminação de inovações nos serviços públicos: um estudo sobre inovações desenvolvidas na Câmara dos Deputados. 2013. 68 f., il. Monografia (Bacharelado em Administração)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: Os estudos sobre inovação nos serviços públicos vêm se tornando objeto de pesquisa recorrente no meio acadêmico, onde principalmente, se debatem quais as características necessárias para incentivar a competência inovativa na Administração Pública, buscando assim aumentar a efetividade dos serviços oferecidos. Todavia, estudos sobre disseminação exigem cada vez mais atenção dos pesquisadores, sobretudo os relacionados ao setor público, pois esses ainda são poucos explorados. Entre os diversos serviços prestados pelo Estado, analisamos os relacionados ao poder legislativo. Desse modo, o objetivo geral desse estudo foi analisar quais os fatores que condicionam o processo de disseminação das inovações realizadas na Câmara dos Deputados, a partir da Teoria Clássica de Difusão de Inovações proposta por Rogers (1983). Visando atingir o objetivo proposto, duas iniciativas de inovação em serviços públicos desenvolvidas na Câmara dos Deputados foram analisadas (e-Democracia e EcoCâmara). Para a composição do referencial teórico foram utilizados conceitos relativos à inovação em serviços, inovações em serviços públicos e disseminação de inovações. Os documentos observados nessa pesquisa permitiram a identificação dos principais atributos das iniciativas analisadas, o que permitiu classificá-las de acordo com Gallouj e Weinstein (1997), não obstante disto, as entrevistas realizadas permitiram identificar quais fatores justificam o aparecimento de inovações e quais atrapalham ou facilitam sua disseminação. Em síntese, os resultados admitem a disseminação das inovações no setor público como um processo onde a iniciativa dos servidores é questão fundamental para que ela aconteça.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Administração, 2013.
Aparece na Coleção:Administração



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons