Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/349
Título: Aceitação do sal de ervas em dieta hipossódica
Outros títulos: Acceptance of salt diet of herbs in hyposodic
Autor(es): Bezerra, Michele Nascimento
Orientador(es): Zandonadi, Renata Puppin
Assunto: Dietas
Sistema cardiovascular - doenças
Alimentos - avaliação sensorial
Degustação
Data de apresentação: 10-Set-2008
Data de publicação: 6-Jul-2009
Referência: BEZERRA, Michele Nascimento. Aceitação do sal de ervas em dieta hipossódica. 2008. 29 f. Monografia (Especialização em Gastronomia e Saúde)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Resumo: Objetivo: Buscou-se avaliar a aceitação do "sal de ervas" na dieta hipossódica oferecida a pacientes que necessitam restrição de sódio. Métodos: Trata-se de um estudo transversal com 20 pacientes, sendo 13 homens e 7 mulheres, com idades entre 21 e 78 anos. As variáveis coletadas foram: nome, número do leito, idade, sexo, diagnóstico principal e presença de patologias que possam comprometer a percepção sensorial. Avaliou-se a aceitação do feijão temperado com sal de ervas, por meio de teste afetivo de aceitação com utilização de escala hedônica de sete pontos. Os resultados foram submetidos à Análise de Variância (ANOVA). Fixou-se nível de significância de 5 % (p < 0,05). Resultados: Não foram encontradas diferenças significativas na aceitação do feijão padrão e do feijão acrescido de sal de ervas (p = 0,883). Dentre os pacientes participantes 50 % eram cardiopatas, 10% apresentavam insuficiência renal crônica e 35% apresentavam hipertensão. Foi verificada aprovação da preparação modificada por 80% dos pacientes e rejeição por 5%. Já para a preparação padrão a aprovação foi de 75% e a rejeição de 15%. Conclusão: A substituição do tempero padrão na dieta hipossódica pelo sal de ervas é uma alternativa promissora, no entanto mais estudos são necessários para a verificação da real possibilidade da inserção do sal de ervas no ambiente médico hospitalar.
Abstract: Objective: The aim was to assess the acceptance of the "salt of herbs" in the diet hyposodic offered to patients in need of sodium restriction. Methods: This is a cross-sectional study with 20 patients, 13 men and 7 women, aged between 21 and 78 years. The variables were collected: name, number of bed, ages, sex, primary diagnosis and presence of diseases that could affect sensory perception. Was evaluated, the acceptance of beans seasoned with “salt of herbs” through emotional test of acceptance with the use of scale of seven points. The results were submitted to analysis of variance (ANOVA). Set up a significance level of 5% (p <0.05). Results: No significant differences were found in the acceptance of the standard beans and beans plus “salt of herbs” (p =. Among the participating patients were 50% cardiopathy, 10% had chronic renal failure and 35% had hypertension. It was verified approval of preparation modified for 80% of patients and rejection by 5%. For standard preparation was verified 75% approval and 15% rejection. Conclusion: The replacement of standard salt, by “salt of herbs” is a promising alternative, though more studies are needed to verify the real possibility of inserting the “salt of herbs” in the hospital environment.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Centro de Excelência em Turismo, 2008.
Aparece na Coleção:Gastronomia e Saúde

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_MicheleNascimentoBezerra.pdf175.82 kBAdobe PDFver/abrir


Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.