Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/3121
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_CamiladeBritoRibeiro.pdf772,39 kBAdobe PDFver/abrir
Título: As representações familiares acerca da surdez e suas implicações no processo de escolarização
Outros títulos: The familiar representations about deafness and their implications in the schooling process
Autor(es): Ribeiro, Camila de Brito
Orientador(es): Rodrigues, Fátima Lucília Vidal
Assunto: Representações sociais
Surdos
Inclusão escolar
Surdos - educação
Lar e escola
Data de apresentação: 17-Nov-2011
Data de publicação: 15-Mar-2012
Referência: RIBEIRO, Camila de Brito. As representações familiares acerca da surdez e suas implicações no processo de escolarização. 2011. 152 f. Monografia (Licenciatura em Pedagogia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Resumo: O presente trabalho de conclusão de curso aborda a discussão sobre como as representações familiares acerca da surdez implicaram no processo de escolarização dos filhos, propondo o reconhecimento e a problematização das mesmas. Para o desenvolvimento desse trabalho foi utilizada uma fundamentação teórica com base nos Estudos Surdos, com o autor Carlos Skliar; além dos estudos histórico-culturais e sobre defectologia, representados pelos estudos de Lev Seminovich Vigotski; e ainda a Teoria das Representações Sociais, utilizando principalmente Serge Moscovici e Denise Jodelet. O desenvolvimento metodológico foi feito a partir da epistemologia qualitativa, com a utilização de uma entrevista semi-estruturada e do “completamento de frases”, construído por González Rey. Os sujeitos da pesquisa foram quatro mães de surdos, os quais são participantes de um grupo de atendimento psicoeducacional. Os principais resultados encontrados apontam para visões dúbias das mães quanto à surdez, pois essas variam entre as concepções clínico-terapêutica e sócio-antropológica, apesar de estarem mais fundamentadas na primeira. Observou-se que essa característica ambígua acerca da surdez deve-se à intervenção de diferentes profissionais/instituições, aos quais as famílias frequentaram ao longo do desenvolvimento dos filhos. Nesse sentido, as escolhas educacionais dos familiares também apresentaram intervenção desses profissionais/instituições, assim como foram marcadas pelo fator de disponibilidade das escolas em receber pessoas surdas. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This final dissertation approaches the discussion about how the familiar representations involving deafness implicated in their children's schooling process, proposing the acknowledgment and the problematization of them. To develop this research, a theoretical foundation based on "Deafness Studies", with Carlos Skliar; besides the historical-cultural studies and defectology, with the Lev Seminovich Vigotski studies. There is still the Social Representation Theory, represented mainly by Serge Moscovici and Denise Jodelet. The methodological development was done from a qualitative epistemology with the use of a semi-structured interview and the "completion of phrases", constructed by González Rey. The research's subjects were 4 mothers of deaf people, whose are participating in an psychoeducational attending group. The main results found indicate dubious views from the mothers about deafness, because these views vary from the clinical-therapeutic and socio-anthropological conceptions, though being more based on this first one. It was observed that this ambiguous characteristic about deafness is due to the intervention of different institutions or professionals, whose families have frequented throughout their children's development. In this way, the educational choices from the relatives also presented the intervention from these institutions or professionals as well as they were marked by the school's availability factor in receiving deaf people.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2011.
Aparece na Coleção:Pedagogia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons