Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/22564
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_CarolinaPiresDeSousaSilva_tcc.pdf412,17 kBAdobe PDFver/abrir
Título: A marginalização de Parque Industrial no meio literário : um estudo da estética e da posição da mulher na obra de Patrícia Galvão
Autor(es): Silva, Carolina Pires de Sousa e
Orientador(es): Araújo, Adriana de Fátima Barbosa
Assunto: Mulheres na literatura
Feminismo
Literatura brasileira
Data de apresentação: 2018
Data de publicação: 10-Out-2019
Referência: SILVA, Carolina Pires de Sousa e. A marginalização de Parque Industrial no meio literário: um estudo da estética e da posição da mulher na obra de Patrícia Galvão. 2018. 39 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Letras Português)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: No universo acadêmico muito se discute sobre o conceito de literatura e se certo texto tem aspectos de literariedade e que, por isso, pode ser considerado ou não literatura. Entretanto, existem outros motivos, que não os puramente estéticos e estruturais, que podem ocasionar o esquecimento de algumas obras dentro do meio literário. Este trabalho consiste em apresentar um estudo sobre Parque Industrial, primeira obra de Patrícia Galvão, trazendo a explanação dos aspectos estéticos de construção e elaboração de seu conteúdo, como também particularidades externas que podem ter acarretado a marginalização dessa obra. O trabalho está dividido em duas partes principais. A primeira consiste na análise estética da obra, em que é discutida a questão “O que é literatura?”. Também serão apresentadas análises e aproximações de Parque Industrial com o movimento modernista paulista e com o realismo como forma legítima de representação da realidade em uma obra literária. Na segunda parte, o trabalho volta-se para a exposição da visão da mulher dentro e fora da obra como objeto de investigação da marginalização de Parque Industrial. Esta parte consiste na análise de personagens e cenas da narrativa; no estudo da posição da narradora e do posicionamento ativo da autora no texto; na análise do contexto social e da perspectiva feminista presente na obra
Abstract: In the academic universe much is discussed about the literature’s concept and if a certain text that has aspects of literariness and that, therefore, can or canot be considered literature. However, there are other reasons, other than the purely aesthetic and structural ones, that can bring on the forgetting of some works within the literary enviroment. This work consists in presenting a study on Parque Industrial (Industrial Park), the first work of Patrícia Galvão, bringing the explanation of the aesthetic aspects of formulation and elaboration of its contents, as well as external peculiarities that may have led to the marginalization of this work. The work is divided into two main parts. The first is the aesthetic analysis of the work, in which the question "What is literature?" is discussed. Also will be presented analyzes and approaches of Parque Industrial with São Paulo’s modernist movement and with the realism as a authentic representation form of reality in a composition. At the second part, the work turns to the exposure of the woman’s vision inside and outside the work as object of investigation of the marginalization of Parque Industrial. Its consists of the analysis of characters and scenes of the narrative; in the study of the narrator's position and the active positioning of the author in the text; in the analysis of the social context and the feminist perspective present in the work.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2018.
Aparece na Coleção:Letras - Português



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons