Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/19474
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_AndersonSiqueiradaSilva.pdf1,12 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Gastos com o benefício do seguro-desemprego : análise no período de 2002 a 2016
Autor(es): Silva, Anderson Siqueira da
Orientador(es): Fernandes, José Lúcio Tozetti
Assunto: Gasto público
Seguro-desemprego
Correlação (Estatística)
Data de apresentação: 23-Nov-2017
Data de publicação: 21-Fev-2018
21-Fev-2018
Referência: SILVA, Anderson Siqueira da. Gastos com o benefício do seguro-desemprego: análise no período de 2002 a 2016. 2017. 54 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Contábeis)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: O benefício do seguro-desemprego, instituído em 1986, é um direito social do trabalhador garantido pela Constituição Federal, e integra o Programa do Seguro-Desemprego, cuja finalidade é prover assistência financeira temporária ao trabalhador desempregado involuntariamente, e auxiliá-lo na busca ou preservação do emprego. Nos últimos anos, o valor do gasto com o benefício do seguro-desemprego teve um aumento expressivo, principalmente quando comparado à evolução do PIB brasileiro. A partir deste contexto, este trabalho busca analisar o comportamento dos fatores econômicos e sociais que são possíveis explicações para o aumento do gasto com o benefício do seguro-desemprego. Assim, os dados foram coletados para a elaboração de variáveis que pudessem ser utilizadas na análise dos resultados. Nesse sentido, buscou-se analisar o comportamento das variáveis a partir de gráficos e verificar a existência de correlação entre as variáveis utilizando o coeficiente de correlação de Pearson, considerando uma amostra entre 2002 e 2016. A análise dos resultados demonstra que as variáveis apresentaram resultados positivos até 2014 e que as variáveis de formalidade, salário mínimo e rendimento médio apresentaram correlação positiva muito forte com o valor do benefício do seguro-desemprego e a quantidade de segurados.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Ciências Contábeis e Atuariais, 2017.
Aparece na Coleção:Ciências Contábeis
Ciências Contábeis



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons