Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/16836
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_MelquisedekAguiarGarcia_tcc.pdf493,91 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Coordenação pedagógica local : um campo para reflexões políticas pedagógicas e práticas coletivas
Autor(es): Garcia, Melquisedek Aguiar
Orientador(es): Machado, Liliane Campos
Coorientador(es): Diniz, Sonia Regina
Assunto: Coordenação pedagógica
Gestão escolar democrática
Data de apresentação: 19-Dez-2015
Data de publicação: 11-Mai-2017
Referência: GARCIA, Melquisedek Aguiar. Coordenação pedagógica local: um campo para reflexões políticas pedagógicas e práticas coletivas. 2015. 53 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Coordenação Pedagógica)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: O presente estudo se desafiou em analisar como os/as colaboradores/as (Cs) da pesquisa percebem, na perspectiva qualitativa, as atribuições, a rotina, a função e as relações interpessoais do/a Coordenador/a Pedagógico/a Local (CPL) no ambiente escolar e que tem levado a Coordenação Pedagógica (CP) a se tornar um espaço mais burocrático prodecimental do que um coletivo momento para reflexões e construção de estratégias que qualifiquem o processo de aprendizagem. Para esta investigação, opta-se pelo estudo de caso como modalidade de pesquisa e para coleta de dados, o questionário misto. Como proposição inicial, indica-se que o/a principal articulador/a da CP, o/a CPL, se encontra desenvolvendo atribuições diferentes à destinada a sua função, por isso, a segmenta e burocratiza como a si mesmo/a, em detrimento da formação continuada e de reflexões políticas pedagógicas. Ademais, pôde-se concluir que as relações simbólicas de poder no ambiente escolar também têm contribuído para a individualização no espaço-tempo da CP, levando às atribuições dos/as CPLs a se institucionalizar, e, consequentemente, a se burocratizar, inviabilizando sua prática mais política na articulação de uma nova Organização do Trabalho Pedagógico (OTP) com reflexão coletiva na qualificação do processo de aprendizagem. Assim, tanto a qualificação quanto a experiência se mostraram elemento essencial para potencializar o trabalho do/a CPL, porém, percebe-se que o conjunto de sujeitos sociais que atuam na escola tem a responsabilidade de ressignificar seu papel, função, mas também das instâncias escolares, garantindo em seu espaço um ambiente com identidade e coletivamente compromissado com a construção democrática e subjetiva do conhecimento.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Ministério da Educação, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Centro de Formação Continuada de Professores, Secretaria de Educação do Distrito Federal, Escola de Aperfeiçoamento de Profissionais da Educação, Curso de Especialização em Coordenação Pedagógica, 2015.
Aparece na Coleção:Coordenação Pedagógica



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons