Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/16373
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_CamilaBeatrizOliveira_tcc.pdf775,86 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Ensaio de cultivares de salsa (Petroselinum crispum) em canteiro sob ambiente protegido
Autor(es): Oliveira, Camila Beatriz da Silva
Orientador(es): Vilela, Michelle Souza
Assunto: Hortaliças
Olericultura
Data de apresentação: Set-2016
Data de publicação: 27-Mar-2017
Referência: OLIVEIRA, Camila Beatriz da Silva. Ensaio de cultivares de salsa (Petroselinum crispum) em canteiro sob ambiente protegido. 2016. 35 f., il. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Agronomia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Diante do atual cenário alimentar, caracterizado pela busca por produtos mais saudáveis, o mercado de hortaliça vem potencializando sua produção frente à demanda do consumidor. A salsa tem se destacado como uma importante hortaliça condimentar, não em termos de volume de produção, e sim pela ampla aplicação no mercado gastronômico e de fitoterápicos. As pesquisas relacionadas buscam definir plantas e sementes com maior qualidade, de acordo com as condições ambientais encontradas nas diferentes regiões, visando menores riscos e maiores retornos ao produtor. Assim, este trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho agronômico de três cultivares de salsa (Petroselinum crispum), em canteiro, sob cultivo protegido. O experimento foi implantado em casa de vegetação, localizada na Estação Biológica da Universidade de Brasília-UnB, no ano de 2016. Para tal, foram utilizadas as cultivares Lisa, Crespa e Graúda Portuguesa, que receberam os mesmos tratos culturais. Na semeadura, realizada em canteiro, foram utilizadas sementes em linhas simples, espaçadas a 25 centímetros, totalizando três linhas por tratamento. Desta forma, o experimento constituiu-se de um delineamento em blocos ao acaso, com três repetições. As avaliações foram realizadas cinco meses após o plantio, a partir de cinco plantas escolhidas aleatoriamente, das quais se verificou o comprimento das partes aérea e radicular, e as suas massas fresca e seca. Realizadas as análises estatísticas, observou-se que a cultivar Graúda Portuguesa apresentou os melhores resultados para o desenvolvimento agronômico em canteiros, sob ambiente protegido, enquanto que a cultivar Crespa foi a que obteve os menores resultados de desenvolvimento de planta.
Abstract: On the current food scenario, characterized by the search for healthier products, the vegetable market comes increasing their production forward to consumer demand. The salsa, vegetable hardwood, has stood out as an important spice plant, not in terms of volume of production, and the wide application in food and herbal medicine market. The related searches seek set plants and seeds with higher quality, according to the environmental conditions found in different regions, in order to lower risks and higher returns to producers. Thus, this work aims to evaluate the performance of three varieties of salsa (Petroselinum crispum), under protected cultivation. The experiment was deployed in greenhouse, located in the Biological Station of the University of Brasilia-UnB in the year 2016. Were used to Smooth and Crisp Shots, cultivars, which received the same-origin substrates, and similar irrigation. In sowing held in construction site, seed were used in simple lines, spaced to 25 centimeters, totaling three lines for treatment. In this way, the experiment consisted of a random block design with three replications. The evaluations were carried out five months after planting, from five randomly selected plants, of which the aerial parts and root length, and its fresh and dry masses. The statistical analysis showed that the Average Portuguese cultivar presented the best results for agronomic development in construction sites, under protected environment, while cultivating Curly was the one that obtained the smallest plant development outcomes.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinára, 2016.
Aparece na Coleção:Agronomia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons