Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/15835
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_OdairLedoNeves_tcc.pdf564,09 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Atendimento educacional especializado no ensino regular de uma escola pública municipal de Serra do Ramalho - BA : uma proposta de educação inclusiva
Autor(es): Neves, Odair Ledo
Orientador(es): Faria, Fernanda Cupolillo Miana de
Assunto: Educação inclusiva
Atendimento educacional especializado
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 26-Jan-2017
Referência: NEVES, Odair Ledo. Atendimento educacional especializado no ensino regular de uma escola pública municipal de Serra do Ramalho - BA: uma proposta de educação inclusiva. 2015. 64 f. Monografia (Especialização em Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Brasília, 2015.
Resumo: Esta pesquisa, intitulada “Atendimento Educacional Especializado no ensino regular de uma escola pública municipal de Serra do Ramalho – BA: uma proposta de educação inclusiva”, busca analisar a proposta de Atendimento Educacional Especializado de uma escola pública do município de Serra do Ramalho – BA. Este objetivo geral foi desdobrado nos seguintes objetivos específicos: compreender os marcos legais, teóricos, metodológicos e filosóficos que amparam a educação inclusiva; analisar as dificuldades, os avanços e as perspectivas do atendimento especializado. A metodologia de pesquisa utilizada privilegiou a abordagem qualitativa, por meio da observação participante e entrevista semiestruturada. Foram interlocutores do estudo: uma professora e dois alunos, todos da turma de AEE. Os principais autores que subsidiaram esse estudo foram: Mazzotta (2005), Jannuzzi (2006), Sant’Ana (2005), Miranda (2003), Freire (2005), dentre outros. Os principais resultados apontam que a sala de Atendimento Educacional Especializado constitui espaço formativo capaz de favorecer a inclusão das pessoas com deficiência, enquanto proposta complementar à sala comum. A inclusão dessas pessoas, na realidade pesquisada, acontece apenas na AEE. Assim, mediante os resultados encontrados na pesquisa, que foram observados e analisados, e fundamentados em teóricos apresentados no decorrer deste trabalho, foi possível tecer um diálogo confirmando a urgência em discutir e firmar uma proposta para a educação inclusiva que não se limite ao AEE e que abranja a escola e a família, polos significativos de aprendizagem.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2015.
Aparece na Coleção:Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons