Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/15409
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_TaynahBarbosaValadares_tcc.pdf653,68 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Narrativas de professores sobre o papel da educação continuada
Autor(es): Valadares, Taynáh Barbosa
Orientador(es): Herrera, Francisco José Rengifo
Assunto: Deficientes - educação
Inclusão escolar
Professores - formação continuada
Professores de educação especial
Data de apresentação: 28-Nov-2015
Data de publicação: 3-Jan-2017
Referência: VALADARES, Taynáh Barbosa. Narrativas de professores sobre o papel da educação continuada. 2015. 35 f. Monografia (Especialização em Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Buritis-MG, 2015.
Resumo: A inclusão de alunos com deficiência em escolas regulares tem sido alvo de grandes discussões, uma vez que a maioria das escolas regulares não estão preparadas para receber uma classe tão heterogênea. São vários os problemas, desde estrutura física, material didático e a preparação dos profissionais. Diante deste contexto, este trabalho teve por objetivo analisar as narrativas de professores sobre o papel da educação continuada nas práticas pedagógicas que envolvem processos inclusivos. Da mesma forma o trabalho tem como intenção fazer uma reflexão sobre a importância da formação continuada para uma prática pedagógica aperfeiçoada. Para tanto, o estudo foi desenvolvido em uma escola da rede pública de ensino do município de Arinos-MG. Participaram deste estudo duas professoras. Trata-se de um estudo qualitativo que adotou como técnica de pesquisa a entrevista com roteiro semiestruturado. Os resultados obtidos mostraram que as participantes apresentam dificuldades em adequar os métodos de ensino, fazer adaptações curriculares e adaptar instrumentos de avaliação de acordo com as necessidades individuais educacionais de cada aluno, devido à falta de formação continuada. Consideramos possível pensar que as participantes possuem disposição para realizar cursos de formação, porém de acordo com suas falas os mesmos não são disponibilizados. Faz-se possível afirmar que as participantes não estão informadas a cerca dos cursos, uma vez que o MEC em parceria com as universidades ofertam cursos que podem proporcionar a formação continuada das docentes. Diante destes dados é possível concluir a grande importância da formação continuada, uma vez que esta promove a reflexão e construção da prática pedagógica.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2015.
Aparece na Coleção:Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons