Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/14878
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_ArturMoraesdeAmorim_tcc.pdf370,36 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Reflexões filosóficas para a construção de uma visão dialética do saber científico no ensino de ciências
Autor(es): Amorim, Artur Moraes de
Orientador(es): Santos, Wildson Luiz Pereira dos
Assunto: Ciências - estudo e ensino
Filosofia e ciência
Dialética
Data de apresentação: 2016
Data de publicação: 30-Set-2016
Referência: AMORIM, Artur Moraes de. Reflexões filosóficas para a construção de uma visão dialética do saber científico no ensino de ciências. 2016. 20 f. Trabalho de conclusão de curso (Licenciatura em Química)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Este trabalho levanta reflexões, através de um diálogo de ideias filosóficas sobre a Ciência, buscando o significado do saber científico correlacionado com o ensino de Ciências, com vista a demonstrar a importância que esse ensino possui para desconstruir a visão deturpada de Ciências que predomina no ensino atual, no sentido de se construir uma perspectiva de Ciência como uma dialética de saberes filosóficos. O papel da filosofia no ensino justifica-se pela sedução da atenção do aluno para a sociedade que ele está inserido sem abalar crenças de cunho ético e religioso podendo, em seguida, ser autocrítico de suas próprias crenças. Saber ciência significa minimamente ter a capacidade de manipular de forma responsável os materiais que o rodeiam, buscando de uma forma crítica construir uma nova realidade. Essa busca reflexiva enaltece o caráter dialético da ciência, que mais do que um acúmulo de fórmulas e informações, é resultado da construção do pensamento crítico e contemplativo.
Abstract: This work raises reflections, between a dialogue in the philosophical ideas about science, seeking the meaning of the scientific knowledge correlated with the education in sciences, with the perspective to demonstrate the importance that this education has to deconstruct the misreported vision of sciences that prevails in our current education, in a sense to construct a perspective of science as a dialectic of philosophical knowledge. The role of philosophy in the education is justified by the seduction of the student attention for society in which he´s inserted without ruin the beliefs of ethical and religious nature, affording self-critics of it owns personal beliefs. Knowing sciences means have the capacity of responsible manipulate the materials that round us, seeking, in a critical form, build a new reality. This reflexive quest exalts the dialectical character of science, that, more than an accumulation of equations and informations, its the results of the construction of the critical and contemplative thinking.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, 2016.
Aparece na Coleção:Química



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons