Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/11124
Título: Presença dos contos de fadas e do desenho infantil na intervenção psicopedagógica : uma leitura psicanalítica
Autor(es): Martins, Luana Chaves
Orientador(es): Pulino, Lúcia Helena Cavasin Zabotto
Assunto: Intervenção psicopedagógica
Psicopedagogia - psicanálise
Processo de ensino-aprendizagem - psicopedagogia
Desenho infantil
Contos de fadas
Crianças - intervenção psicopedagógica
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 10-Set-2015
Referência: MARTINS, Luana Chaves. Presença dos contos de fadas e do desenho infantil na intervenção psicopedagógica: uma leitura psicanalítica. 2015. 68 f., il. Monografia (Especialização em Psicopedagogia Clínica e Institucional)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: Este trabalho é fruto do estágio supervisionado realizado com uma criança de quatro anos de idade, sob orientação da professora doutora Lúcia H. C. Z. Pulino, e se intitula Presença dos contos de fadas e do desenho infantil na intervenção psicopedagógica: uma leitura psicanalítica. O aporte teórico escolhido para esta pesquisa foi a psicanálise, então, a discussão desse trabalho sustentou a partir do diálogo da pesquisa com autores psicanalistas que se debruçam no intuito de interpretar e dar conta do estudo da educação e do sujeito aprende. Essa pesquisa, portanto, visou sondar vestígios do inconsciente acerca dos processos de aprendizagem e subjetividade e a partir disso, propôs uma intervenção no intuito desmistificar fatores que possam vir a interferir nesses processos. Diante disso, essa pesquisa se utilizou da interpretação dos contos de fadas e desenhos infantis, sob o olhar da teoria psicanalítica, a fim de oferecer subsídios para a família e para a escola no tocante ao estilo de aprendizagem do sujeito em questão. Para dar forma a esse trabalho, a pesquisa e a intervenção realizadas se estruturam da seguinte maneira: primeiramente o referencial teórico; em seguida, as oficinas de avaliação e intervenção psicopedagógicas; logo depois, a discussão dos resultados obtidos; e por fim, as considerações finais.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento, 2015.
Aparece na Coleção:Psicopedagogia Clínica e Institucional

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_LuanaChavesMartins.pdf2.2 MBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons