Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/971
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_SuelenGarciaSoares.pdf826,84 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Organização e preservação de livros raros na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro
Autor(es): Soares, Suelen Garcia
Orientador(es): Manini, Miriam Paula
Assunto: Biblioteca Nacional (Brasil)
Livros raros
Conservação e restauração de documentos
Data de apresentação: 2009
Data de publicação: 28-Mai-2010
Referência: SOARES, Suelen Garcia. Organização e preservação de livros raros na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. 2009. 92 f. Monografia (Bacharelado em Biblioteconomia)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Resumo: A pesquisa tem um caráter descritivo, consiste em um estudo de caso da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, uma das instituições brasileiras com mais experiência em organização e preservação de livros raros. Objetivo central é identificar e descrever as práticas adotadas por essa instituição em relação ao Programa de formação e desenvolvimento de acervo de livros raros e ao Programa de preservação dessas obras. A Biblioteca Nacional possui um acervo de aproximadamente nove milhões de volumes. É considerada pela UNESCO a primeira biblioteca da América Latina e a oitava do mundo em termos de qualidade de seu acervo. Desde a década de quarenta estudiosos consideravam seu acervo como um dos mais valiosos do mundo. A pesquisa buscou esclarecer certos mitos a respeito do livro raro, como esclarecer de onde veio a idéia de que todo livro raro é um livro antigo. Buscou-se conhecer o que a Biblioteconomia de livros raros revela a respeito de organização desse tipo de coleção. Destacou a importância de uma elaboração de política de preservação para uma coleção de livros raros e como o bibliotecário de livros raros deve participar desse processo. Fez-se um breve histórico da Biblioteca Nacional. A análise dos dados revela práticas exercidas quanto à organização e preservação de livros raros pela a Divisão de Obras Raras e a Coordenadoria de Preservação da Biblioteca Nacional.
Abstract: The present paper consists on a study case over the National Library of Rio de Janeiro, one of most experienced institutions in Brazil in organization and keeping of rare books. The main goal is to identify and describe the policies adopted by that institution related to the Rare books Formation and Development of Collection Program and its preserving program as well. The National Library has a collection of approximately nine million volumes, considered by UNESCO (United Nations Education Science and Culture Organization) the first library in South American and the eighth in the world the collection quality criteria. Since the 1940, researchers consider its collection one of the most valuables of world. This paper intended to enlighten certain myths about rare books as well as the idea all rare book are old books. Aimed to know what rare books librarianship reveals regarding the organization of this kind of collection. Highlighted the relevance of elaborating a preservation policy for rare book collections and how the librarian should participate on this process or action. A brief historic is also brought in this work . The data analysis shows all policies performed that are related to the rare book organization and preservation by the Rare Book Collection Division and by the National Library Coordination of Preservation.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, 2009.
Aparece na Coleção:Biblioteconomia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons