Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/9426
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_RaquelMacieldosReis.pdf834,06 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Espetacularização do corpo : um olhar sobre o programa Dr. Hollywood
Autor(es): Reis, Raquel Maciel dos
Orientador(es): Bastos, Larissa Grandi Vaitsman
Assunto: Cirurgia plástica
Autoestima
Mídia
Data de apresentação: 17-Dez-2014
Data de publicação: 21-Jan-2015
Referência: REIS, Raquel Maciel dos. Espetacularização do corpo: um olhar sobre o programa Dr. Hollywood. 2014. 56, [6] f. Monografia (Bacharelado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: Os veículos de comunicação de massa enviam diariamente inúmeras mensagens oferecendo aos indivíduos produtos e ideais que lhes forneçam condições de estarem sempre na moda. Essa oferta midiática se estende ao corpo, com a definição do ideal, do corpo espetacular. Nesse sentido, esse trabalho visa estudar a relação do consumo e das mudanças corporais por meio das cirurgias estéticas, e de como essas podem ser influenciadas pelo discurso midiático. Sendo assim, o objetivo geral é estudar a maneira como a espetacularização da construção do corpo, a partir da cirurgia plástica, tema principal do programa Dr. Hollywood, é exposta ao público, e de que forma suas mensagens contribuem para a idealização do corpo perfeito e a banalização da cirurgia plástica. Para a realização desse trabalho foi preciso estudar sobre a representação social e midiática do corpo, a divulgação da imagem do médico como contribuidor para a construção do corpo ideal a partir da popularização e a generalização de fatos científicos, bem como, entender os impactos sociais causados pelos veículos de comunicação em massa. Os métodos utilizados para o estudo foram de natureza qualitativa com aporte teórico na pesquisa bibliográfica e análise do conteúdo vinculadas a análise do discurso. Assim, foi possível analisar o episódio a partir de um olhar crítico sobre o mesmo. Diante disso, observou-se que a cirurgia plástica estética é mostrada de forma simples e acessível às pessoas. Além disso, ela está diretamente associada à autoestima, à sexualidade e ao sucesso. Nesse contexto, a figura do especialista enaltece, e dar credibilidade às ideias transmitidas, e assim faz uma apologia à plástica e banaliza os procedimento cirúrgicos. _____________________________________________________________________________ ABSTRACT
The mass communication vehicles daily send numerous messages offering products and individuals that provide them ideal conditions are always in fashion. This media offer extends to the body, with the definition of the ideal, the spectacular body. In this sense, this work aims to study the relationship of consumption and body changes through cosmetic surgery, and how these can be influenced by the media discourse. Thus, the general objective is to study how the spectacle of body building, from plastic surgery, main theme of Dr. Hollywood program, is exposed to the public, and how their messages contribute to the idealization of the perfect body and the trivialization of plastic surgery. To perform this work was necessary to study on the social and media representation of the body, the medical image disclosure as contributor to the construction of the ideal body from the popularization and generalization of scientific facts and understand the social impacts caused by the mass communication media. The methods used for the study was qualitative in nature with theoretical support in the literature search and analysis of content related to discourse analysis. Thus, it was possible to analyze the episode from a critical eye on it. Thus, it was observed that cosmetic plastic surgery is shown in a simple and affordable way to people. In addition, it is directly related to self-esteem, sexuality and success. In this context, the figure of the expert praises, and the credibility of the transmitted ideas, and so makes an apology to plastic and trivializes the procedure.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Curso de Graduação em Saúde Coletiva, 2014.
Aparece na Coleção:Saúde Coletiva - Campus UnB Ceilândia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons