Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/9359
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_MayaraSilvaDoNascimento.pdf1,3 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Conhecimento do enfermeiro da UTI acerca da ventilação mecânica
Outros títulos: ICU nurse practitioners knowledge concerning mechanical ventilation
Autor(es): Nascimento, Mayara Silva Do
Orientador(es): Magro, Marcia Cristina da Silva
Assunto: Unidade de tratamento intensivo
Enfermeiros - prática profissional
Ventilação mecânica (Medicina)
Data de apresentação: 19-Nov-2014
Data de publicação: 14-Jan-2015
Referência: NASCIMENTO, Mayara Silva Do. Conhecimento do enfermeiro da UTI acerca da ventilação mecânica. 2014. [55] f. Monografia (Bacharelado em Enfermagem)— Universidade de Brasília, Ceilândia, 2014.
Resumo: Introdução: Na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) o uso de ventiladores mecânicos para auxílio das trocas gasosas é muito frequente. Compreender informações sobre suporte ventilatório é essencial para posicionamentos precisos e seguros dos enfermeiros. Objetivo: Descrever o conhecimento e a atuação dos enfermeiros com relação à ventilação mecânica em UTI. Metodologia: Estudo transversal, descritivo e quantitativo, com oito enfermeiros da UTI Adulto de hospital público no Distrito Federal. Aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da FEPECS. Foram incluídos os enfermeiros registrados no COREN e atuantes na UTI. Os dados foram coletados de novembro de 2013 a janeiro de 2014. Tratamento estatístico: Realizou-se estatística descritiva e inferencial a partir de teste não paramétrico (Fisher). Foi considerado significativo o resultado com p<0,05. Resultados: A maioria (75%) referiu possuir conhecimento sobre parâmetros utilizados na VM. Entretanto, 25% não respondeu questões sobre modalidades ventilatórias. Dos enfermeiros, 50% relataram falta de segurança para programar parâmetros do ventilador e 62,5% citaram dificuldades no manuseio de ventiladores mecânicos. Conclusão: A atuação do enfermeiro frente ao paciente sob suporte ventilatório ainda é fragilizada pela carência de conhecimentos específicos e treinamentos para manejo seguro desta terapêutica. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Introduction: In the Intensive Care Unit (ICU) mechanical ventilators are often employed to maintain appropriate gas exchange. Knowledge and proper information regarding ventilatory support are essential for accurate and reliable judgment of nurses. Objective: Describing the knowledge and the role of nurses concerning mechanical ventilation (MV) in the ICU. Methodology : Cross-sectional , descriptive and quantitative study design, composed by eight nurses who were accompanied at an Adult ICU of a public hospital in Distrito Federal. The study was approved by the Research Ethics Committee of FEPECS. The nurses included were COREN registered and ICU practitioners. The collection of data occurred from November 2013 to January 2014. Statistical analysis: A descriptive and inferential statistics was created from nonparametric test (Fisher). The result was considered significant with p < 0.05. Results: The majority (75 %) of nurses reported having knowledge about parameters used in the VM. However, 25 % did not answer questions about ventilation modes. Of all nurses, 50 % claimed to be insecure about changing parameters to program the ventilator and 62.5 % cited difficulties in handling mechanical ventilators. Conclusion: The role of the nursing care for patients under ventilatory support is still weakened mostly by lack of skills and training in order to guarantee safe management of this therapy.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, 2014.
Aparece na Coleção:Enfermagem



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons