Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/9262
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_FernandoRodriguesMalafaia_LucasGalleraniSouza.pdf1,8 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Estudo comparativo de especificações do biodiesel proveniente da soja e da mamona
Autor(es): Malafaia, Fernando Rodrigues
Souza, Lucas Gallerani
Orientador(es): Silva, Marcelo Bento da
Assunto: Biodiesel
Biodiesel proveniente da mamona
Biodiesel proveniente da soja
Óleos vegetais
Biodiesel - cadeia de produção
Data de apresentação: 28-Nov-2014
Data de publicação: 18-Dez-2014
Referência: MALAFAIA, Fernando Rodrigues; SOUZA, Lucas Gallerani. Estudo comparativo de especificações do biodiesel proveniente da soja e da mamona. 2014. 53 f., il. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Engenharia de Energia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: Com a crescente preocupação com o esgotamento dos combustíveis fósseis, o biodiesel tem se tornado um elemento importante para o mercado nacional e internacional de combustíveis, pela sua capacidade de substituição pelo diesel e por apresentar características semelhantes e resultados plausíveis quando solicitado em motores. A adição obrigatória de 2% de biodiesel ao diesel comercial foi implementada pela lei nº 11.097 em 2005, sofrendo um aumento para 5% em 2012 e, recentemente, esta mistura passou a ser de 7%, pela lei n° 13.033. Contudo, para que a mistura deste combustível renovável seja admissível, o biodiesel produzido deve passar por testes de qualidade, admitindo os parâmetros estabelecidos pela Agencia Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Este trabalho propõe análises de algumas especificações para biocombustíveis provindos de duas matérias primas: a soja, por ser a maior produtora de biodiesel, e a mamona, matéria-prima promissora, porém ainda ineficiente por não se enquadrar nas especificações previstas pela ANP. Diante disso, sabe-se que o biodiesel da mamona apresenta algumas desvantagens do ponto de vista comercial, uma vez que apresenta algumas características que não se enquadram nas especificações proposta em normas, como por exemplo, sua elevada viscosidade, principal problema para a utilização deste, como combustível. Já o biodiesel proveniente da soja, é o biocombustível com maior participação no mercado, por ser referência do ponto de vista de suas especificações. Desta forma, o presente trabalho apresenta resultados de análises físico-químicas do biodiesel proveniente da soja e da mamona, de maneira a compará-los e propor soluções para o aproveitamento do biodiesel quando não enquadrado nos padrões propostos pelas Agências Reguladoras.
Abstract: With the growing concern over the depletion of fossil fuels, biodiesel has become an important element for national and international fuel market, for its ability to substitute for diesel and have similar characteristics and plausible results when requested in engines. Law n°. 11,097 implemented the mandatory addition of 2% biodiesel to commercial diesel in 2005, suffering an increase to 5% in 2012, and recently, this mixture was increased to 7%, law n° 13.033. However, for the mixture of this renewable fuel to be admissible, the biodiesel must pass quality tests, assuming the parameters established by the National Agency of Petroleum, Natural Gas and Biofuels (ANP). This paper proposes analyzes of some specifications for biofuels stemmed from two raw materials: soy, being the largest producer of biodiesel and castor bean, raw potential, but still inefficient because it does not fit the specifications provided by the ANP. Given this, it is known that biodiesel from castor beans are some disadvantages of the commercial point of view, since it has some features that do not fit the specifications proposed in standards, such as its high viscosity, the main problem for the use of this as fuel. Already biodiesel from soybeans is the largest biofuel market share by being a reference in terms of its specifications. Thus, this paper presents the results of physicochemical analyzes of biodiesel from soybean and castor bean, in order to compare them and propose solutions to the use of biodiesel when not framed in the standards proposed by the Regulatory Agencies.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Gama, Curso de Engenharia de Energia, 2014.
Aparece na Coleção:Engenharia de Energia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons