Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/8798
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_NarmadaDivinaFonteneleGarcia.pdf1,48 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Avaliação de estrutura e processo das estratégias de controle da malária nos municípios Cantá e São João da Baliza – Roraima, Brasil
Autor(es): Garcia, Nármada Divina Fontenele
Orientador(es): Iturri de La Mata, José Antonio
Assunto: Doenças
Programa Nacional de Controle da Malária
Malária
Amazônia Legal
Índice Parasitário Anual
Roraima - controle da malária
Data de apresentação: 10-Jul-2014
Data de publicação: 24-Out-2014
Referência: GARCIA, Nármada Divina Fontenele. Avaliação de estrutura e processo das estratégias de controle da malária nos municípios Cantá e São João da Baliza – Roraima, Brasil. 2014. 93 f., il. Monografia (Bacharelado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Ceilândia, 2014.
Resumo: No Brasil, a região amazônica é considerada endêmica para malária, concentrando aproximadamente 99,7% do total de casos do Brasil. Na região norte, está localizado o estado de Roraima que possui 15 municípios e, dentre estes, dois são prioritários para o controle da doença, Cantá e São João da Baliza, que registraram em 2012 um IPA – Índice Parasitário Anual de 99,1 e 90,8 respectivamente. O estudo é uma avaliação normativa da qualidade da estrutura e processo do Programa Nacional de Controle da Malária nos municípios elegidos. Três Instrumentos de avaliação já aplicados pelo MSH - Management Sciences for Health nos estados do Brasil foram adaptados para a realidade de municípios. Os instrumentos possuem três eixos: Eixo 1: diagnóstico oportuno e tratamento, que possui nove critérios; Eixo 2: borrifação residual intradomiciliar, que possui oito critérios e o Eixo 3: mosquiteiros impregnados que possui também oito critérios. De acordo com os resultados apresentados, pode-se perceber que o programa de controle da malária adotado tanto no município de Cantá como em São João da Baliza, a implementação é intermediária e deficiente. ___________________________________________________________________________ ABSTRACT
In Brazil, the Amazon region is considered endemic for malaria, concentrating approximately 99.7% of the total cases of Brazil. In the northern region, is located in the state of Roraima who has 15 municipalities and, among these, two are priorities for disease control, Cornwall and St John's Beacon, which in 2012 recorded an IPA - Annual Parasite Index of 99.1 and 90.8 respectively. The study is a normative assessment of the quality of the structure and process of the National Malaria Control Program in selected municipalities. Three assessment tools already implemented by MSH - Management Sciences for Health in the states of Brazil have been adapted to the reality of municipalities. The instruments have three axes: Axis 1: timely diagnosis and treatment, which has nine criteria; Axis 2: indoor residual spraying, which has eight criteria and Axis 3: impregnated bed nets that also has eight criteria. According to the results presented, it can be noticed that the malaria control program adopted both in the county of Cornwall as St John's Beacon, the implementation is poor.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Curso de Graduação em Saúde Coletiva, 2014.
Aparece na Coleção:Terapia Ocupacional



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons