Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/855
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_HenriqueSchaefferBatista.pdf441,89 kBAdobe PDFver/abrir
Registro completo
Campo Dublin CoreValorLíngua
dc.contributor.advisorCamargo, Ivan Marques de Toledo-
dc.contributor.authorBatista, Henrique Schaeffer-
dc.identifier.citationBATISTA, Henrique Schaeffer. Análise de contingências em sistemas elétricos de potência. 2008. 56 f. Monografia (Bacharelado em Engenharia Elétrica)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.en
dc.descriptionMonografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Elétrica, 2008.en
dc.description.abstractO presente trabalho trata de análises de contingências em sistemas elétricos de potência. Durante este estado, os carregamentos nos equipamentos do sistema devem estar abaixo do limite nomina, evitando assim a atuação de proteções, as quais poderiam levar a uma reação em cadeia e dessa forma ocasionar um colapso. Para essas análises é necessário que se conheça o sistema elétrico, sabendo como se comportam, por exemplo, os fluxos de potência em equipamentos de transmissão, as tensões e a freqüência do sistema. Nos primeiros capítulos é mostrada uma visão qualitativa do comportamento de sistemas elétricos de potência, visando alcançar o entendimento necessário para efetuar as análises. As contingências em sistemas elétricos são muito comuns, e normalmente estão relacionadas a desligamentos de equipamentos para manutenção (intervenções). No caso do Sistema Interligado Nacional, deve-se atender a um critério chamado N-1, no qual o sistema deve suportar contingências simples sem prejuízo ao atendimento de consumidores e aos equipamentos da rede. Para isso, se for constatada a possibilidade de contingência, os fluxos de potência dos equipamentos envolvidos na mesma devem ser controlados em tempo real de forma, que caso a contingência ocorra, não haja sobrecarga de qualquer equipamento da rede. Os fluxos nos equipamentos que poderão estar envolvidos em uma contingência são monitorados levando-se em conta leis matemáticas baseadas em inequações de carregamento. As inequações podem ser de dois ou três elementos e serão mostradas as metodologias usadas para a elaboração destas inequações. Por fim, neste trabalho, é desenvolvida uma nova metodologia de elaboração das inequações de três elementos a qual é tão eficiente quanto a atual, ficando essa metodologia como uma alternativa para avaliara o controle de carregamento de equipamentos.en
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.subject.keywordSistemas de energia elétricaen
dc.subject.keywordEnergia elétrica - transmissãoen
dc.titleAnálise de contingências em sistemas elétricos de potênciaen
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso - Graduação - Bachareladoen
dc.location.countryBRAen
dc.date.accessioned2010-02-19T16:12:05Z-
dc.date.available2010-02-19T16:12:05Z-
dc.date.issued2010-02-19T16:12:05Z-
dc.date.submitted2008-06-27-
dc.identifier.urihttp://bdm.unb.br/handle/10483/855-
dc.language.isoPortuguêsen
Aparece na Coleção:Engenharia Elétrica



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.