Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/7096
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_BarbaradeOliveiraCarvalho.pdf431,53 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Conhecimento e percepção acerca do exame preventivo do colo de útero : uma revisão de literatura
Outros títulos: Knowledge and perception about cervical cancer prevention exam
Autor(es): Carvalho, Barbara de Oliveira
Orientador(es): Souza, Josiane Maria Oliveira de
Assunto: Câncer - prevenção
Colo uterino - câncer - diagnóstico
Mulheres - saúde e higiene
Data de apresentação: 8-Jul-2013
Data de publicação: 15-Fev-2014
Referência: CARVALHO, Barbara de Oliveira. Conhecimento e percepção acerca do exame preventivo do colo de útero: uma revisão de literatura. 2013. 41 f. Monografia (Bacharelado em Enfermagem)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: Introdução: A prevenção do câncer do colo uterino se dá através do exame colpocitopatológio que visa identificar alterações nas células cervicais, sobretudo infecções pelo Papilomavirus humano (HPV), principal fator para o desenvolvimento do câncer uterino que é de progressão lenta e silenciosa. Objetivos: Investigar a percepção e o conhecimento das mulheres a cerca do exame preventivo do colo de útero. Métodos: Estudo do tipo revisão de literatura com busca na Biblioteca Virtual em Saúde. Foram selecionados trabalhos publicados no período de 2002 a 2012, totalizando 53. Resultados: A falta de conhecimento das mulheres acerca do exame preventivo e do câncer do colo de útero foi evidenciada. Foram identificados os fatores que afastam as mulheres da realização do exame, como é o caso do medo, e fatores que estimulam a realização do preventivo como, por exemplo, o cuidado com o corpo. Considerações finais: É preciso investir na educação sexual das mulheres desde a infância, essa pode ser passada pela família, escola ou pelo sistema de saúde. Os três níveis devem estar entrelaçados e o Programa de Saúde da Família é a maneira mais eficaz de fazer isso. Os profissionais de saúde também devem estar envolvidos no processo, principalmente os enfermeiros que tem autonomia para realizar o exame preventivo. __________________________________________________________________________ ABSTRACT
Introduction: The prevention of cervical cancer is through the examination pap smear aimed at identifying changes in cervical cells, principally infections with human papillomavirus (HPV), the main factor for the development of uterine cancer that is slowly progressive and silent. Objectives: To investigate the perception and knowledge of women about the Pap smear cervical. Methods: Literature review with search the Virtual Health Library were selected papers published in the period 2002 to 2012, totaling 53. Results: The lack of knowledge of women about the Pap smear and cervical cancer was observed. Factors which exclude women from the exam were identified, such as fear, and were identified factors that stimulate a cervical smear, for example, the care of the body. Final Thoughts: We necessity invest in women's sexual education from childhood, this can be passed through the family, the school or the health system. The three levels must be intertwined and Family Health Program is the most effective way to do this. Health professionals should also be involved in the process, especially nurses who have autonomy to make the cervical cancer prevention exam.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Graduação em Enfermagem, 2013.
Aparece na Coleção:Enfermagem



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons