Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/6917
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_PriscillaDuhauBraggio.pdf234,1 kBAdobe PDFver/abrir
Título: A reforma psiquiátrica interpretada sob a ótica do cuidado em saúde mental : uma revisão bibliográfica
Autor(es): Braggio, Priscilla Duhau
Orientador(es): Jabur, Pedro de Andrade Calil
Assunto: Reforma psiquiátrica
Cuidados de saúde
Saúde mental
Data de apresentação: 12-Dez-2013
Data de publicação: 28-Jan-2014
Referência: BRAGGIO, Priscilla Duhau. A reforma psiquiátrica interpretada sob a ótica do cuidado em saúde mental: uma revisão bibliográfica. 2013. 51 f. Monografia (Bacharelado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: A Reforma Psiquiátrica pode ser compreendida como o primeiro grande marco de lutas de caráter reformatório voltadas para a Saúde Mental no Brasil. Juntamente a essa concepção antagônica aos modelos tradicionais da Psiquiatria, surgem os conceitos de cuidado, especialmente o cuidado em Saúde Mental, que tem como objetivo reestabelecer o estatuo de pessoa aquele sujeito que está ocupando um lugar de não-pessoa na sociedade, além de assegurar sua autonomia e a total atenção às suas subjetividades como indivíduo. O objetivo desse trabalho foi, portanto, estabelecer essa relação entre o que foi preconizado pela Reforma Psiquiátrica e as noções de cuidado no âmbito da Saúde Mental. ___________________________________________________________________________ ABSTRACT
The psychiatric reform can be understood as the first major milestone of fights reformatory character geared for Mental Health in Brazil. Along with this conception antagonistic to traditional models of Psychiatry, arise the concepts of care, especially care for Mental Health, which aims to restore the statute of person, the person who is occupying a place of non-person in society, as well as ensuring their autonomy and total attention to their subjectivities as an individual. The aim of this study was therefore to establish the relationship between what was recommended by the Psychiatric Reform and the notions of care under the Mental Health.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, 2013.
Aparece na Coleção:Saúde Coletiva



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons