Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/612
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_GetulioCesarBorgesLeite.pdf1,18 MBAdobe PDFver/abrir
Título: O uso da Simulação Monte Carlo na análise de viabilidade econômico-financeira de projetos de investimento : um estudo de caso
Autor(es): Leite, Getulio Cesar Borges
Orientador(es): Rosano Peña, Carlos
Assunto: Monte Carlo, Método de
Administração de risco
Administração de projetos
Data de apresentação: 22-Jun-2009
Data de publicação: 14-Out-2009
Referência: LEITE, Getulio Cesar Borges. O uso da Simulação Monte Carlo na análise de viabilidade econômico-financeira de projetos de investimento: um estudo de caso. 2009. 87 f. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Administração)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Resumo: Esta monografia trata de mostrar a contribuição do método Simulação Monte Carlo como ferramenta auxiliar nas análises de viabilidade econômico-financeira em projetos de investimento, a partir de um estudo de caso. A literatura tradicional sobre análises de projeto trata quase sempre de modelos determinísticos para avaliação de risco, e neste aspecto justifica-se o estudo de método de simulação que utiliza modelo probabilístico de análise. Os dois modelos são abordados neste trabalho como forma de demonstrar a utilidade do método de Simulação Monte Carlo em contrapartida ao método tradicional de análise. Fez-se uma revisão da literatura dos principais elementos teóricos onde foram abordados os conceitos dos dois modelos e das variáveis de risco VPL, TIR e Payback utilizadas no estudo. Premissas foram definidas e calculadas com base nos demonstrativos financeiros da empresa e de dados do setor para utilização na projeção do fluxo de caixa. Foi elaborado um fluxo de caixa com projeções baseadas nas premissas a fim de possibilitar a aplicação do método de simulação proposto. Para aplicação do método de Simulação Monte Carlo foi utilizado o software Crystal Ball™ e usados três modelos probabilísticos de distribuição, o Normal, o Uniforme e o Lognormal. Foram realizadas 1000 simulações em cada um dos modelos de distribuição como forma de se observar o comportamento das variáveis VPL, TIR e Payback em cada um dos modelos. Com a aplicação da simulação foram gerados histogramas e tabelas com os resultados estatísticos de cada uma das variáveis para cada modelo de probabilidade. Os resultados mostraram valores do VPL e percentuais da TIR muito próximos na distribuição Normal e distribuição Lognormal em comparação com os resultados apresentados na distribuição Uniforme. A distribuição de probabilidade em todos os resultados não apresentou nenhum valor negativo para o VPL, bem como nenhuma TIR inferior à taxa de desconto. O método de Simulação Monte Carlo, como modelo probabilístico, poderia oferecer mais confiabilidade e segurança às decisões na análise de projetos de investimento.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Administração, 2009.
Aparece na Coleção:Administração



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons