Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/29469
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2020_SuelenDeAlencarSoares_tcc.pdf213,14 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Percepção de pessoas idosas que residem em instituições de longa permanência no Distrito Federal acerca da solidão
Autor(es): Soares, Suelen de Alencar
Orientador(es): Moura, Leides Barroso de Azevedo
Assunto: Idosos
Isolamento social
Solidão
Idosos - qualidade de vida
Acolhimento institucional
Data de apresentação: 4-Dez-2020
Data de publicação: 17-Dez-2021
Referência: SOARES, Suelen de Alencar. Percepção de pessoas idosas que residem em instituições de longa permanência no Distrito Federal acerca da solidão. 2020. 22 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Resumo: Introdução: A questão do envelhecimento deve ser considerada uma conquista do desenvolvimento, como processo inevitável, demanda que governo, sociedade e famílias estejam preparados para conviver com as mudanças advindas desse público que cresce cada vez mais. A solidão é um aspecto que muitas vezes acompanha o processo de envelhecimento, esta é uma fonte de sofrimento significativo, associando-se à redução da qualidade de vida e ao aumento da morbi-mortalidade. O cenário escolhido para uma reflexão sobre a solidão vivenciada por idosos, foram duas Instituições de Longa Permanência - ILP do Distrito Federal. Objetivo: Analisar a percepção de solidão vivenciada por pessoas idosas residentes em duas Instituições de Longa Permanência do Distrito Federal. Metodologia: Trata-se de um estudo de abordagem quantitativa, do tipo transversal e de natureza analítica. A coleta de dados foi realizada por intermédio de entrevistas com pessoas idosas em situação de residência em Instituições de Longa Permanência. Utilizou-se instrumento do tipo sistema fechado com dados sociodemográficos e aplicação da Escala de Solidão UCLA validada no Brasil e composta por 20 questões. Todos os idosos de duas Instituições de Longa Permanência (ILP) direcionadas ao acolhimento e assistência de pessoas idosas residentes no Distrito Federal foram convidados a participar. Um total de 29 idosos aceitaram participar da pesquisa. A pesquisa foi aprovada pelo comitê de ética, segundo resolução 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde. Os dados foram analisados por intermédio de estatística descritiva. Resultados: O perfil sociodemográfico revelou uma maioria de mulheres (N=16, 55,2%) do que homens (N=13, 42,8%), com uma mediana de idade de 76 anos, sendo o idoso mais jovem de 62 anos e o mais velho com 96 anos de idade. Sobre a solidão, 29 idosos responderam a escala UCLA. Desses 29, cerca de 41,4 % dos idosos afirmaram não se sentirem próximos a ninguém, 34,5% disseram que suas relações sociais são superficiais, um quarto dos idosos (24,1 %) relataram se sentirem completamente sozinhos, um pouco mais da metade (55,2%) afirmaram sentir que ninguém os conhece realmente bem, 34,5% sentem que as pessoas estão ao redor deles, mas não estão com eles. Conclusão: A sensação de solidão foi percebida por idosos institucionalizados em ILPI no DF.
Abstract: Introduction: The issue of aging must be considered an achievement of development, as an inevitable process, which demands that government, society and families be prepared to live with the changes that come from this public that grows more and more. Loneliness is an aspect that often accompanies the aging process, this is a source of significant suffering, associated with reduced quality of life and increased morbidity and mortality. The scenario chosen for a reflection on the loneliness experienced by the elderly, were two Long Term Institutions - ILP of the Federal District. Objective: To analyze the perception of loneliness experienced by elderly people living in two long-term institutions in the Federal District. Methodology: This is a quantitative, cross-sectional and analytical study. Data collection was carried out through interviews with elderly people living in long-term care facilities. A closed system type instrument was used with sociodemographic data and the application of the UCLA Solitude Scale validated in Brazil and consisting of 20 questions. All the elderly people from two Long Term Care Institutions (ILP) directed to the reception and assistance of elderly people living in the Federal District were invited to participate. A total of 29 elderly people agreed to participate in the research. The research was approved by the ethics committee, according to resolution 466/2012 of the National Health Council. The data were analyzed using descriptive statistics. Results: The sociodemographic profile revealed a majority of women (N = 16, 55.2%) than men (N = 13, 42.8%), with a median age of 76 years, with the youngest being 62 years and the oldest at 96 years old. Regarding loneliness, 29 elderly people answered the UCLA scale. Of these 29, about 41.4% of the elderly said they did not feel close to anyone, 34.5% said that their social relationships are superficial, a quarter of the elderly (24.1%) reported feeling completely alone, a little more half (55.2%) said they feel that nobody knows them really well, 34.5% feel that people are around them, but are not with them. Conclusion: The feeling of loneliness was perceived by elderly people institutionalized in LTCF in DF.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Enfermagem, 2020.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor que autoriza a Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM) a disponibilizar o trabalho de conclusão de curso por meio do sítio bdm.unb.br, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 International, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece na Coleção:Enfermagem



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.