Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/29069
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2021_HenriqueCaetanoVeado_tcc.pdf1,29 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Relato de caso : múltiplas picadas de abelhas africanizadas em dois ovinos deslanados e uma égua
Autor(es): Veado, Henrique Caetano
Orientador(es): Campebell, Rita de Cássia
Assunto: Ovino
Cavalo - ferimentos e lesões
Anafilaxia
Abelha - mordeduras e picadas
Data de apresentação: 8-Fev-2021
Data de publicação: 28-Out-2021
Referência: VEADO, Henrique Caetano. Relato de caso: múltiplas picadas de abelhas africanizadas em dois ovinos deslanados e uma égua. 2021. xii, 18 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Clínica e Cirurgia de Grandes Animais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2021.
Resumo: Acidentes por picadas de abelhas são mais comuns em humanos e cães, raramente descritos em animais de grande porte. Os ataques causados por abelhas (Apis mellifera) podem causar graves consequências, sendo que o quadro clínico varia de acordo com o número de picadas. Devido a importância do assunto e a escassez de literatura que abranja o tema, é descrito ataques massivos de abelhas híbridas africanizadas em dois ovinos deslanados e uma égua, associados aos achados epidemiológicos, clínicos e laboratoriais. Além disso, os achados patológicos de um ovino que morreu após 15 horas do ataque das abelhas, apresentando degeneração das células epiteliais tubulares, hemorragias multifocais no coração e baço, congestão pulmonar severa e edemas cutâneos. Os sobreviventes desenvolveram necrose cutânea nos locais das picadas. O tratamento consistiu em cuidados de suporte, monitoração constante e controlar os sinais clínicos causados pela apitoxina, utilizando fluido intravenoso, oxigenioterapia, adrenalina, corticosteroide, anti-inflamatório não esteroidal, diuréticos, anti-histamínico e benzodiazepínico.
Abstract: Bee attack are more common in humans and dogs and rarely described in large animals. Apis mellifera attack can cause a several consequences depending on number of stings. The aim of these article is to report a massive attack by Africanized honeybee in two hair sheep and one mare, showing the epidemiologic clinical and laboratorial findings. The pathologic findings of a sheep who died 15h after attack were, mild degeneration of the tubular epithelial cells, multifocal hemorrhages in the myocardium, epicardium, and splenic parenchyma; severe lung congestion and cutaneous swelling. The survivors developed skin necrosis on the sting sites. The treatment was performed by support, constant monitoring and controlling clinical signs caused by apitoxin with intravenous fluid, oxygen therapy, adrenalin, corticosteroids, non-steroidal anti-inflammatory, diuretics, anti-histaminic and benzodiazepines.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Residência em Clínica e Cirurgia de Grandes Animais, 2021.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor que autoriza a Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM) a disponibilizar o trabalho de conclusão de curso por meio do sítio bdm.unb.br, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 International, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece na Coleção:Clínica e Cirurgia de Grandes Animais



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.