Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/28289
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2020_RafaelaTeixeiraDeMoura_tcc.pdf1,07 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Estudo histórico demográfico sobre as unidades familiares escravas do arraial Santa Luzia (1749-1760)
Autor(es): Moura, Rafaela Teixeira de
Orientador(es): Nogueról, Luiz Paulo Ferreira
Assunto: Escravidão
Demografia da família
Ouro - minas e mineração
Data de apresentação: 2020
Data de publicação: 24-Ago-2021
Referência: MOURA, Rafaela Teixeira de. Estudo histórico demográfico sobre as unidades familiares escravas do arraial Santa Luzia (1749-1760). 2020. 35 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em História)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Resumo: As descobertas de minas de ouro em Minas Gerias ampliaram a influência e a força dos bandeirantes para a exploração do território focados, nas décadas finais do século XVII, nas regiões ao norte e noroeste de Minas Gerais. Dessas jornadas, novas terras são dominadas e aparecem novas capitanias como a capitania de Goiás (fundada em 1748). Essas capitanias, apesar de não serem centros econômicos do Brasil do século XIX, tinham sua importância econômica e também estavam fortemente relacionadas ao comercio de escravos. Resultado dessas descobertas, Santa Luzia foi fundada no ano de 1747, quando da nomeação do bandeirante Antônio Bueno de Azevedo como Superintendente e Guarda-mor das minas da freguesia. A partir dela chega um intenso fluxo de pessoas em um curto período de tempo no auge de sua mineração, tendo a escravidão como peça central. Entre as características acima mencionadas se encontra o tema sobre o qual a minha pesquisa pretende se tratar. Na historiografia recente a respeito dos aspectos relacionados à vida em cativeiro, vemos um padrão onde as uniões entre cativos se veem atrapalhadas pela desproporção entre o número de homens e mulheres. A maioria das hipóteses apontam o tráfico negreiro e as preferências de compras dos senhores como principal motivo dessa desigualdade. Boa parte dos estudos focaram regiões com compra direta de escravizados, onde os senhores preferem homens jovens adultos e têm pouco interesse pela constituição de famílias dentro das senzalas. Junto às altas taxas de mortalidade e às baixas taxas de natalidade, os escravizados se apresentam sempre com maioria de homens. Com a maioria dos trabalhos voltados a grandes centros exportadores, como isso funcionava em freguesias menores, com menor influência direta do tráfico internacional? Como objeto de estudo viso estudar o arraial de Santa Luiza, atual Luziânia, através dos registros disponibilizados pelo município.
Abstract: The discoveries of gold mines in Minas Gerias increased the influence and strength of the pioneers for the exploration of the territory focused on the regions to the north and northwest of Minas Gerais at the end of the 17th century. From these days, new lands are dominated and new captaincies appear, such as the captaincy of Goiás (founded in 1748). These captaincies, despite not being economic centers in 19th century Brazil, had their economic importance and were also strongly related to the slave trade. As a result of these discoveries, Santa Luzia was founded in the year 1747, when the bandeirante Antônio Bueno de Azevedo was appointed as Superintendent and Chief Guard of the parish mines. From it comes an intense flow of people in a short period of time at the height of its mining, with slavery as the centerpiece. Among the characteristics mentioned above is the topic on which my research intends to deal. In recent historiography regarding aspects related to life in captivity, we see a pattern where unions between captives are hindered by the disproportion between the number of men and women. Most hypotheses point to the slave trade and the purchasing preferences of the masters as the main reason for this inequality. Much of the studies focused on regions with direct purchase of slaves, where the lords prefer young adult men and have little interest in building families within the slave quarters. Along with the high mortality rates and low birth rates, the enslaved are always present with a majority of men. With most of the work aimed at large exporting centers, how did this work in smaller parishes, with less direct influence from international traffic? As an object of study I aim to study the village of Santa Luiza, currently Luziânia, through the records made available by the municipality.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de História, 2020.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor que autoriza a Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM) a disponibilizar o trabalho de conclusão de curso por meio do sítio bdm.unb.br, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 International, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece na Coleção:História



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.