Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/26332
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_ElinaBatistaNeves_tcc.pdfTrabalho de Conclusão de Curso (graduação)754,45 kBAdobe PDFver/abrir
Título: SUS na mídia televisiva
Autor(es): Neves, Elina Batista
Orientador(es): Andrade, Priscila Almeida
Assunto: Saúde pública
Sistema Único de Saúde (Brasil)
Mídia
Imprensa
Telejornalismo
Notícias
Data de apresentação: 3-Jul-2017
Data de publicação: 15-Jan-2021
Referência: NEVES, Elina Batista. SUS na mídia televisiva. 2017. 56 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Esse estudo teve como objetivo analisar, identificar, reunir e descrever as principais notícias sobre saúde abordadas pelo Jornal Nacional no ano de 2016 e comparar com as prioridades políticas do SUS. O método utilizado para a organização e discussão dos resultados foi a análise de conteúdo de instrumentos políticos que regem a gestão e implementação do SUS e das notícias sobre saúde veiculadas pelo Jornal Nacional no ano de 2016, para essa organização foram utilizadas variáveis, e tabuladas no programa Excel 2010. Dentre as diversas notícias transmitidas sobre saúde, as que mais se destacaram foram as causas externas, as quais representaram 46% do total de notícias, e o fator drogas que indicou 0,9% com apenas três notícias, dando ênfase a questão cárcere, esses temas não foram tratados como assunto direcionado ao setor saúde e sim ao da segurança pública, porém as drogas são fatores que influenciam diretamente no quesito violência , e se tornaram graves problemas de saúde que assolam nosso país. Diante desses e outros fatos de que o meio de comunicação pesquisado não deu o reconhecimento devido ao SUS, conclui-se que a intersetorialidade apesar de ser uma forte característica do setor saúde, é pouco divulgada pela mídia e até mesmo pela própria comunicação e informação em saúde , que se comporta de forma defensiva frente a questões de crises e que esta deveria por seus próprios meios e pelo meios de comunicação em massa divulgar suas ações efetivas, cabendo neste aspecto outros estudos, sendo este mais um desafio para a área de gestão em saúde.
Abstract: The purpose of this study was to analyze, identify, gather and describe the main health news addressed by the National Journal in 2016 and compare it with the political priorities of SUS. The method used to organize and discuss the results was the analysis of the content of policy instruments that govern the management and implementation of the SUS and the health news published by the National Journal in 2016. Variables were used for this organization and tabulated in Among the various health news items, the most outstanding was external causes, which accounted for 46% of the total news, and the drug factor that indicated 0.9% with only three news items, with emphasis on These issues were not addressed as a matter directed to the health sector but to that of public safety, but drugs are factors that directly influence the issue of violence, and have become serious health problems of our country. In the face of these and other facts that the means of communication researched did not give the recognition due to SUS, it is concluded that intersectoriality, despite being a strong characteristic of the health sector, is little publicized by the media and even by the communication itself and information in Health, who behaves defensively in the face of crisis issues and that this should by its own means and by the mass media disseminate its effective actions, being there other studies, being this more a challenge for the area of health management.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor que autoriza a Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM) a disponibilizar o trabalho de conclusão de curso por meio do sítio bdm.unb.br, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 International, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece na Coleção:Saúde Coletiva



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.