Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/26329
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_JessicaMaldiSousa_tcc.pdfTrabalho de Conclusão de Curso (graduação)677,84 kBAdobe PDFver/abrir
Registro completo
Campo Dublin CoreValorLíngua
dc.contributor.advisorAndrade, Priscila Almeida-
dc.contributor.authorSousa, Jéssica Maldi-
dc.identifier.citationSOUSA, Jéssica Maldi. Contribuição das operadoras de planos de saúde para a promoção da saúde dos idosos no Brasil. 2017. 50 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.pt_BR
dc.descriptionTrabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, 2017.pt_BR
dc.description.abstractA promoção da saúde é um dos meios mais eficientes de prevenção de doenças crônica em idosos. Atualmente os planos de saúde têm ganhado força e espaço nas ações e serviços de saúde. Entretanto para que as operadoras de planos de saúde consigam colocar em prática ações e serviços de promoção da saúde, é necessário contar com o auxílio da Agência Nacional de Saúde (ANS) que é parte integrada e de responsabilidade do Sistema Único de Saúde (SUS). Este trabalho tem como objetivo identificar e descrever programas, projetos e intervenções da Agência Nacional de Saúde Suplementar, em parceria com as operadoras de planos de saúde direcionados à promoção da saúde dos idosos no Brasil desde o ano 2000. Trata-se de um estudo descritivo, exploratório, quantitativo e qualitativo na análise de políticas, programas e projetos com enfoque na implementação de orientações dos programas de saúde á idosos. Como resultado foi encontrado um projeto recente desenvolvido pela ANS, onde operadoras credenciadas desenvolveriam programas para a saúde dos idosos, das operadoras credenciadas apenas 27 delas apresentam informações disponíveis ao público em site, a não participação no projeto para idosos das operadoras de saúde com melhores colocações no ranking realizado anualmente pela ANS. Recomenda-se que a ANS incentive e fiscalize as operadoras de saúde no desenvolvimento de projetos de promoção à saúde de idosos. Buscou-se assim contribuir para que a saúde suplementar que funciona como complemento ao SUS não cause prejuízos para o mesmo.pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subject.keywordPromoção da saúdept_BR
dc.subject.keywordIdosos - saúdept_BR
dc.subject.keywordPlanos de saúdept_BR
dc.subject.keywordSaúde suplementarpt_BR
dc.subject.keywordAgência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)pt_BR
dc.subject.keywordIdosos - qualidade de vidapt_BR
dc.titleContribuição das operadoras de planos de saúde para a promoção da saúde dos idosos no Brasilpt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso - Graduação - Bachareladopt_BR
dc.date.accessioned2021-01-14T14:09:33Z-
dc.date.available2021-01-14T14:09:33Z-
dc.date.submitted2017-07-03-
dc.identifier.urihttps://bdm.unb.br/handle/10483/26329-
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor que autoriza a Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM) a disponibilizar o trabalho de conclusão de curso por meio do sítio bdm.unb.br, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 International, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.pt_BR
dc.description.abstract1Health promotion is one of the most efficient means of preventing chronic diseases in the elderly. Currently, health plans have gained strength and space in actions and health services. However, in order for the health plan operators to implement health promotion actions and services, it was assisted by the National Health Agency (ANS), which is an integrated part of the Unified Health System (SUS). This study aims to identify and describe programs, projects and interventions of the National Supplementary Health Agency, in partnership with the health plan operators focused on the promotion of elderly health in Brazil since the year 2000. This is a descriptive study, exploratory, quantitative and qualitative in the analysis of policies, programs and projects focusing on the implementation of guidelines for health programs for the elderly. As a result, a recent project was developed by ANS, where accredited operators would develop programs for the health of the elderly, of the credential operators only 27 of them present information available to the public on site, the non-participation in the project for the elderly of health care providers with better settings In the ranking performed annually by ANS. It is recommended that ANS encourage and supervise health care providers in the development of health promotion projects for the elderly. It was thus sought to contribute to the fact that supplementary health that works as a complement to SUS does not cause any harm to it.pt_BR
Aparece na Coleção:Saúde Coletiva



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.