Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/25541
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2019_IngridBaraldiSimõesDeMoraes_tcc.pdf1,3 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Redução de fratura tibiotársica bilateral em Asio clamator (Strigifomes: Strigidae) : relato de caso
Autor(es): Moraes, Ingrid Baraldi Simões de
Orientador(es): Hirano, Líria Queiroz Luz
Assunto: Fraturas em animais
Corujas
Data de apresentação: 26-Jun-2019
Data de publicação: 9-Set-2020
Referência: MORAES, Ingrid Baraldi Simões de. Redução de fratura tibiotársica bilateral em Asio clamator (Strigifomes: Strigidae): relato de caso. 2019. 41 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Medicina Veterinária)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Resumo: A coruja-orelhuda (Asio clamator) é um rapinante com distribuição por todo o território brasileiro. A maior casuística de atendimento a essa espécie é relacionada com traumas que, muitas vezes, resultam em incapacitação ou morte dos animais. O objetivo deste trabalho é relatar a redução de fraturas tibiotársicas em um exemplar de Asio clamator, com uso de fixador externo associado a pino intramedular no membro pélvico esquerdo, e placa com parafuso no membro pélvico direito. Uma coruja-orelhuda jovem, de sexo indeterminado, com massa corporal de 262g foi atendida pela clínica Exotic Life, com fratura tibiotársica bilateral, confirmada por meio de radiografia. Foi decidido pela correção cirúrgica das fraturas, com o emprego de técnicas diferentes em cada membro pélvico. No tibiotarso esquerdo foi implantado um fixador externo associado a pino intramedular e, no caso do membro do outro antímero, utilizou-se placa bloqueada de titânio. As duas cirurgias foram feitas separadamente, com intervalo de 36 dias. A ave foi acompanhada por meio de exames radiográficos periódicos e observou-se que o fixador externo associado ao pino intramedular no membro pélvico esquerdo não apresentou um reparo de fratura óssea satisfatória, provavelmente devido à reduzida dimensão do coto proximal, que não permitiu o posicionamento ideal dos pinos transfixadores. Dessa forma, a técnica com uso de implantes de placa de titânio bloqueada, quando comparada com a primeira, se mostrou mais eficaz no tempo de consolidação óssea no exemplar jovem de Asio clamator, o que favorece sua indicação para o uso em rapinantes.
Abstract: The striped owl (Asio clamator) is a common raptor in the Brazilian territory. The main medical casuistry of this species is related to trauma, which often results in incapacitation or death of the specimens. The aim of this study was to report the reduction of tibiotarsus fractures in a specimen of Asio clamator, using external fixator associated with intramedullary pin in the left pelvic limb, and titanium plate in the right pelvic limb. A young striped owl, undetermined sex, weighing 262g was evaluated by the clinic Exotic Life with bilateral tibiotarsus fracture, confirmed by radiography. It was decided to do the surgical correction of the fractures, with the use of different techniques in each pelvic limb. In the left tibiotarsus, an external fixator associated with intramedullary pin was implanted and, in the case of the member of the other antimere, a titanium blocked plate was used. The two surgeries were performed separately, with a 36-day interval. The bird was assisted by periodic radiographic examinations and it was observed that the external fixator associated with the intramedullary pin in the left pelvic limb did not present a satisfactory repair, probably due to the small dimension of the proximal fragment, which did not allow the right positioning of the transfer pins. In this case, the technique with implants of titanium blocked plates, when compared with the first one, proved to be more effective in the time of bone consolidation in a young individual of Asio clamator, which favors its indication for the use in raptors.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2019.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor que autoriza a Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM) a disponibilizar meu trabalho de conclusão de curso por meio do sítio bdm.unb.br, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 International, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece na Coleção:Medicina Veterinária



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.