Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/25515
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_ValdianeDutraOliveira_tcc.pdf1,03 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Exposição aos desreguladores endócrinos e o desenvolvimento do câncer de mama : revisão sistemática
Autor(es): Oliveira, Valdiane Dutra
Orientador(es): Rocha, Priscilla Roberta Silva
Assunto: Mamas - câncer
Sistema endócrino
Desreguladores endócrinos (DEs)
Data de apresentação: 6-Dez-2018
Data de publicação: 4-Set-2020
Referência: OLIVEIRA, Valdiane Dutra. Exposição aos desreguladores endócrinos e o desenvolvimento do câncer de mama: revisão sistemática. 2018. 48 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Os desreguladores endócrinos são substâncias exógenas sintéticas ou naturais capazes de alterar o correto funcionamento corporal. Estas substâncias podem ser encontradas em vários produtos de uso diário e a exposição aos desreguladores endócrinos está diretamente associada ao desenvolvimento de alterações, tais como o câncer de mama. O objetivo deste trabalho foi identificar evidências de associação entre a exposição humana aos desreguladores endócrinos e o risco do desenvolvimento do câncer de mama. Foi realizada uma revisão sistemática da literatura, cujo protocolo foi registrado no International Prospective Register of Systematic reviews (PROSPERO) nº CRD42018107107. A busca foi realizada nas bases de dados eletrônicas PubMed, Cochrane e LILACS. Os artigos incluídos foram avaliados para a confiabilidade e o risco de viés através da escala OHAT. Após aplicações dos critérios de inclusão e exclusão, 7 artigos foram incluídos na revisão. Os PCBs 105, 118, 170 e 180, PCB:BZ 183, aldrina, lindano e p,p’-DDE estiveram significativamente associados ao aumento do risco de câncer de mama, enquanto a exposição a ftalato de monoetilo e bisfenol A apresentaram associação significativamente positiva com alterações na densidade mamária. Concluiu-se que a exposição aos desreguladores endócrinos está associada a alterações da densidade e carcinogênese mamária, assim é necessário estudos adicionais que possam preencher as lacunas do conhecimento sobre a relação de causalidade entre a exposição aos desreguladores endócrinos e o aparecimento de câncer mamário, com o intuito de poder subsidiar políticas públicas que visem à diminuição ou o controle da exposição humana a essas substâncias.
Abstract: The endocrine disruptors are exogenous substances synthetic or naturals that are capable of altering the body functioning. These substances can be found in several daily use products and exposure to endocrine disruptors is directly associated with the development of diseases, such as breast cancer. The aim of this study was to identify associations between human exposure to endocrine disruptors and breast cancer development. A systematic review of literature was conducted, its protocol was registered at the International Prospective Register of Systematic reviews (PROSPERO) nº CRD42018107107. The search was made on electronic databases: PubMed, Cochrane and LILACS. The articles included were evaluated for the reliability and risk of bias through the OHAT scale. After applying the inclusion and exclusion criteria, 7 articles were included in the review. PCBs 105, 118, 170 and 180, PCB: BZ 183, aldrin, lindan and p, p'-DDE were significantly associated to increase of the breast cancer risk, while exposure to monoethyl phthalate and bisphenol A showed a significantly positive association with changes in breast density. It was concluded that exposure to endocrine disruptors is associated with changes in breast density and carcinogenesis, so additional studies are needed to fill in the gaps in knowledge about the causal relationship between exposure to endocrine disruptors and the appearance of breast cancer, with the aim to subsidize public policies that reduces or control human exposure to these substances.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor que autoriza a Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM) a disponibilizar o trabalho de conclusão de curso por meio do sítio bdm.unb.br, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 International, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece na Coleção:Enfermagem



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.