Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/2540
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_CintiaPatriciadeAraujoOliveiraGarciaLeal.pdf2,6 MBAdobe PDFver/abrir
Registro completo
Campo Dublin CoreValorLíngua
dc.contributor.advisorNascimento, Carla Francini Hidalgo Terci Ferreira-
dc.contributor.authorLeal, Cíntia Patrícia de Araújo Oliveira Garcia-
dc.identifier.citationLEAL, Cíntia Patrícia de Araújo Oliveira Garcia. Enduro eqüestre adaptado, um espaço de inclusão. 2011. 44 f. Monografia (Especialização em Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Social)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Brasília. 2011.en
dc.descriptionMonografia (especialização)—Universidade de Brasília, Faculdade UAB/UnB, 2011. Curso de Especialização a Distância em Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar.en
dc.description.abstractA proposta deste trabalho é mostrar que a equoterapia e a participação dos praticantes nas provas do Enduro Eqüestre Adaptado podem auxiliar na inclusão social e escolar das crianças com deficiência e ou necessidades especiais. A criança com deficiência e ou necessidades especiais, na equoterapia têm a oportunidade de ser atendida ao mesmo tempo por profissionais das áreas de educação, saúde e equitação, além do contato com a natureza e com um animal que apesar de ser de grande porte é muito dócil. O Enduro Eqüestre Adaptado é uma iniciativa inédita mundialmente, é um novo espaço de inclusão em que as pessoas com deficiência e/ou necessidades especiais superaram suas dificuldades e limites, compartilhando de momentos integradores durante todas as etapas, desde a preparação até o dia da competição. Este trabalho tem por objetivo analisar a percepção dos pais, praticantes e professores sobre a prática e participação de competições do enduro eqüestre adaptado, bem como a existência ou não de influência dessa participação no processo de inclusão. Para esta finalidade foram realizadas entrevistas com os pais, praticantes e professores responsáveis pelo atendimento equoterápico, e com isso verificou-se que a participação das crianças nas provas do Enduro trouxe benefícios aos praticantes, e aos seus familiares, favorecendo assim a inclusão.en
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.subject.keywordInclusão socialen
dc.subject.keywordEquoterapiaen
dc.titleEnduro eqüestre adaptado, um espaço de inclusãoen
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso - Especializaçãoen
dc.date.accessioned2012-01-20T11:55:37Z-
dc.date.available2012-01-20T11:55:37Z-
dc.date.issued2012-01-20T11:55:37Z-
dc.date.submitted2011-
dc.identifier.urihttp://bdm.unb.br/handle/10483/2540-
dc.language.isoPortuguêsen
Aparece na Coleção:Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons