Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/25026
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2019_FelipeSousaMesquita_tcc.pdf1,3 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Segurança cibernética e a política internacional contemporânea : novos desafios e oportunidades
Autor(es): Mesquita, Felipe Sousa
Orientador(es): Bécard, Danielly Silva Ramos
Assunto: Ciberespaço
Relações internacionais
Segurança internacional
Segurança cibernética
Data de publicação: 29-Jul-2020
Referência: MESQUITA, Felipe Sousa. Segurança cibernética e a política internacional contemporânea: novos desafios e oportunidades. 2019. [38] f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Relações Internacionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Resumo: A vida humana está cada vez mais dependente do espaço cibernético, em virtude da progressiva evolução de novas tecnologias desde o final do século XX. Da mesma maneira em que está onipresente na vida dos indivíduos, o ciberespaço também é, hoje em dia, parte da dinâmica em que se inserem os Estados e os demais atores da sociedade internacional. Apesar de existirem outras variantes desse tema, esta pesquisa abordará aquela relacionada à segurança internacional. Seu objetivo é compreender de que forma a emergência da importância da segurança cibernética na agenda internacional impacta as relações internacionais. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, bibliográfica e de caráter exploratório, com vistas a reunir e debater argumentos de diferentes autores e a garantir aos leitores maior familiaridade com o tema. Como forma de atingir seu objetivo, a pesquisa seguirá a seguinte estrutura: contextualização da segurança cibernética; discussão sobre o conceito de ciberespaço; definição dos atores envolvidos; características e dinâmica do cyberwarfare e do poder cibernético; análise dos desafios enfrentados; exposição e análise do histórico e de casos paradigmáticos. A pesquisa verificou que os temas cibernéticos adicionaram desafios inéditos para a atuação estatal, principalmente; entretanto, também criou oportunidades únicas para as estratégias governamentais para a atuação nos âmbitos externo e doméstico. Ademais, a segurança cibernética adicionou e proporcionou expressiva autonomia e importância a atores não totalmente contemplados em teorias tradicionais das relações internacionais. A maneira tradicional de conduzir os conflitos também se tornou obsoleta quando ocorrem conflitos no ciberespaço. Além disso, analisando o histórico e os casos principais, nota-se a ampliação do escopo e da complexidade dos ataques perpetrados recentemente, mostrando uma tendência de fortalecimento do tema da segurança cibernética na agenda da sociedade internacional.
Abstract: Human life is increasingly dependent on cyberspace, due to the progressive evolution .of new technologies, since the end of the 20th century. In addition to its ubiquitous presence in the lives of individuals, cyberspace is currently also part of the dynamics in which States and other actors of the international society are inserted. Although there are other variants of this theme, this research will address that related to international security. Its purpose is to understand how the emergence of the importance of cybersecurity on the international agenda impacts international relations. It is a qualitative, bibliographical and exploratory research, aiming to gather and debate arguments of different authors. As a way to achieve its objective, the research will follow the following structure: contextualization of cyber security; discussion on the concept of cyberspace; definition of the actors involved; characteristics and dynamics of cyberwarfare and cyberpower; analysis of existing challenges; exhibition and analysis of the history of past attacks and paradigmatic cases. The research verified that the cybernetic themes added unprecedented challenges for the state action; however, has also created unique opportunities for government strategies for external and domestic politics. In addition, cyber security added and provided significant autonomy and importance to actors not fully contemplated in traditional theories of international relations. The traditional way of conducting conflicts has also become obsolete when conflicts in cyberspace occur. Moreover, analyzing the history and main cases, one can note the broadening of the scope and complexity of recent attacks, showing a tendency to strengthen the theme of cyber security in the agenda of international society.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, XX Curso de Especialização em Relações Internacionais, 2019.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor que autoriza a Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM) a disponibilizar meu trabalho de conclusão de curso por meio do sítio bdm.unb.br, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 International, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece na Coleção:Relações Internacionais - Especialização



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.