Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/24783
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2019_SheylaLisboadosSantos_tcc.pdf448,51 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Adesão à amamentação influência da família e o papel do enfermeiro
Autor(es): Santos, Sheyla Lisbôa dos
Orientador(es): Griboski, Rejane Antonello
Assunto: Enfermagem obstétrica
Amamentação
Enfermagem pediátrica
Data de apresentação: 25-Jun-2019
Data de publicação: 24-Jul-2020
Referência: SANTOS, Sheyla Lisbôa dos. Adesão à amamentação influência da família e o papel do enfermeiro. 2019. 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Resumo: Introdução: As evidências dos benefícios do aleitamento materno para a saúde do binômio mãe-filho foram comprovadas e são muito significativas. A OPAS/OMS e o Ministério da Saúde/Brasil, preconizam o aleitamento materno exclusivo (AME) até o 6º mês de vida e, complementar até os dois anos de idade. O AME é benéfico tanto para a saúde da criança quanto para a saúde da mãe. Amamentar, entre tantos aspectos, envolve o apoio de familiares e profissionais de saúde, imprescindíveis para superar as dificuldades vivenciadas pelas mulheres e suas famílias. Objetivos: Investigar a adesão ao aleitamento materno junto às mulheres atendidas no ambulatório de puerpério do Hospital Universitário de Brasília; Caracterizar o perfil sociodemográficos da população estudada; Investigar os fatores, crenças e dificuldades que influenciam na decisão de aderir ou não ao aleitamento materno; Verificar qual a influência da família no processo de adesão à amamentação; Identificar a atuação do papel do (a) enfermeiro (a) na orientação e recuperação das mulheres que por ventura interromperam ou não aderiram ao aleitamento materno. Métodos: Trata-se de um estudo reflexivo, descritivo, de abordagem qualitativa, com puérperas atendidas no Ambulatório do Hospital Universitário de Brasília com o uso de entrevista semiestruturada. Participaram 12 puérperas. Resultados e Discussão: Utilizou-se o editor de planilhas e gráficos Microsoft Office Excel® para os dados sociodemográficos e na compilação dos extratos verbalizados utilizou-se a técnica de Análise de Conteúdo de Bardin. Emergiram quatro categorias significativas. Aleitamento materno na primeira hora as puérperas associaram o processo com algumas das inúmeras vantagens para a saúde da criança. Os benefícios apontados formação de vínculo afetivo mãe e filho e para a saúde do bebê. Informaram orientações relacionadas principalmente as dificuldades que podem surgir durante o processo de amamentação. O profissional de saúde, em especial, a/o enfermeira/o, tem uma importância no que diz respeito ao processo de amamentar já que é ele, que vai desenvolver ações educativas, criar um espaço de escuta para acolher a dar apoio a mulher que amamenta e sua rede de apoio e família. Considerações Finais: Ficou evidente que a maioria das puérperas possuem conhecimento sobre o aleitamento materno, e isso é um dado positivo para o processo de adesão ao aleitamento materno, mas há necessidade de se fomentar mais discussões que levem a reflexões e produções científicas acerca do tema.
Abstract: Introduction: The evidences of the benefits of breastfeeding for the mother-child binomial were proven and very significant. PAHO/WHO and the Ministry of Health/Brazil recommend that exclusive breastfeeding (EBF) up to the 6th month of life and, complementary to the age of two years. EBF is beneficial both for the health of the child and for the health of the mother. Breastfeeding, among many aspects, involves the support of family members and health professionals, to overcome the difficulties experienced by women and their families. Objectives: to investigate adherence to breastfeeding among women attend at the puerperium outpatient of the University Hospital of Brasília; identify the factors, beliefs and difficulties that may influence the decision making of puerperal women about adherence or not exclusive breastfeeding or early interruption there of; describe the influence of the family in the process of breastfeeding adherence; reflect on the performance and role of the nurse in the orientation and recovery of women who have, by change, interrupted or did not adhere to exclusive breastfeeding. Methods: this is a reflexive, descriptive, qualitative approach study, with puerperal women attended at the outpatient clinic of the University Hospital of Brasília with the use of semi-structured interviews. Twelve puerperal women participated. Results and Discussion: we used the Microsoft Office Excel® spreadsheet and graphics editor for socio-demographic data and in the compilation of the verbalized extracts the Bardin content analysis technique was used. Four significant categories emerged. Breastfeeding in the first hour the puerperal women associated the process with some of the many advantages to the child’s health. The benefits indicated formation of affective bond mother and child and for the health of the baby. They reported mainly related guidelines the difficulties that may arise during the breastfeeding process. The health professional, especially the nurse, has an importance in regard to the breastfeeding process since it is, he who will develop educational actions, create a space to listen to support the woman who and their support network and family. Conclusions: It is clear that most mothers have knowledge about breastfeeding, and this is a positive factor in the process of adherence to breastfeeding, but there is a need to encourage more discussions that lead to scientific reflections and productions about breastfeeding.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Enfermagem, 2019.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor que autoriza a Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM) a disponibilizar o trabalho de conclusão de curso por meio do sítio bdm.unb.br, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 International, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece na Coleção:Enfermagem



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.