Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/2441
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_RosimeireAfonsoDutraFreitas.pdf687,85 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Fracasso escolar / necessidades especiais : concepções e implicações na prática docente
Autor(es): Freitas, Rosimeire Afonso Dutra
Orientador(es): Nascimento, Carla Francini Hidalgo Terci Ferreira
Assunto: Fracasso escolar
Estudantes deficientes
Discriminação aos deficientes
Desenvolvimento humano
Data de apresentação: 2011
Data de publicação: 12-Jan-2012
Referência: FREITAS, Rosimeire Afonso Dutra. Fracasso escolar/necessidades especiais: concepções e implicações na prática docente. 2011. vii, 46 f. Monografia (Especialização em Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Brasília, 2011.
Resumo: Esse estudo tem por objetivo analisar as concepções dos professores sobre o binômio fracasso escolar/necessidades especiais, bem como suas implicações nas práticas docentes. Partimos dos estudos existentes sobre fracasso escolar, os quais revelam diferentes explicações, desde as que responsabilizam o aluno e o professor até as mais recentes que apontam para a complexidade do fenômeno e para a necessidade de melhor compreendê-lo. Em seguida buscamos historicamente a constituição do preconceito da deficiência e as razões pelas quais, ele ainda permeia nossa sociedade, e em particular o contexto educacional. Posteriormente a fim de evitar as armadilhas das teorias do desenvolvimento reducionistas, buscamos um olhar diferenciado sobre o desenvolvimento atípico. Num segundo momento, de caráter empírico, analisamos as falas dos professores acerca do fracasso escolar, da relação fracasso escolar e necessidade especial e a respeito de sua prática. Para obter os dados foram realizadas entrevistas semi estruturadas com os participantes, utilizando um roteiro previamente elaborado. Ao final da análise, constatamos que ao conceituar fracasso escolar predominam as explicações focadas na causa, responsabilizando ora o aluno, ora o professor. Outro dado relevante é que a maioria condiciona o fracasso escolar à presença de uma necessidade especial, ou seja, a presença de um defeito biológico levaria o estudante à condição do fracasso escolar. Finalizando, ao avaliar sua ação docente, os participantes que a consideraram de sucesso apontaram importantes aspectos como o vínculo professor aluno e o respeito à diversidade.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2011. Curso de Especialização a Distância em Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar.
Aparece na Coleção:Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons