Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/24245
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2019_DanielDaSilvaArcanjo_tcc.pdf621,24 kBAdobe PDFver/abrir
Registro completo
Campo Dublin CoreValorLíngua
dc.contributor.advisorOliveira, Diêgo Madureira de-
dc.contributor.authorArcanjo, Daniel da Silva-
dc.identifier.citationARCANJO, Daniel da Silva. Avaliação in vitro do potencial antitumoral de novo composto sintético. 2019. 36 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Farmácia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.pt_BR
dc.descriptionTrabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, 2019.pt_BR
dc.description.abstractDitiocarbazatos e seus complexo metálicos tem se mostrado uma interessante classe farmacológica e demonstram grande poder de redução e se coordenam a diferentes centros metálicos, além de sua capacidade de coordenar a bases de Schiff. Este trabalho tem como objetivo avaliar o perfil de sensibilidade da linhagem celular de câncer de mama MDA-MB-231 in vitro do composto metálico à base de um ditiocarbazato (HL1) [Zn(L¹)(μ-CH3COO)]2. A linhagem de câncer de mama foi submetida ao tratamento do composto e logo após a mensuração da atividade metabólica mitocondrial foi conduzida pelo teste clássico de MTT mostrando um IC50 de 2,0 μM. O experimento de marcação com iodeto de propídio mostrou fragmentação de DNA superior ao observado no grupo controle, sugerindo que o composto se liga em algum nível ao material genético. O tratamento também alterou a adesão celular nas primeiras 48 horas, indicando morte celular. Dadas as descobertas deste trabalho, esta classe de moléculas apresenta-se como uma fonte promissora e versátil de protótipos de novas drogas antitumorais.pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subject.keywordCompostos metálicospt_BR
dc.subject.keywordMamas - câncerpt_BR
dc.subject.keywordCâncer - tratamentopt_BR
dc.titleAvaliação in vitro do potencial antitumoral de novo composto sintéticopt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso - Graduação - Bachareladopt_BR
dc.date.accessioned2020-06-15T21:06:53Z-
dc.date.available2020-06-15T21:06:53Z-
dc.date.submitted2019-07-03-
dc.identifier.urihttps://bdm.unb.br/handle/10483/24245-
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor que autoriza a Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM) a disponibilizar o trabalho de conclusão de curso por meio do sítio bdm.unb.br, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 International, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.pt_BR
dc.description.abstract1Dithiocarbazates and their metal complexes have been shown to be an interesting pharmacological class and demonstrate great reduction power and are coordinated to different metallic centers, in addition to their ability to coordinate the Schiff bases. This work aims to evaluate the sensitivity profile of the in vitro breast cancer cell line MDA-MB-231 of the metal compound based on a dithiocarbazate (HL1) [Zn(L¹)(μ-CH3COO)] 2. The breast cancer line was submitted to treatment of the compound and soon after the mitochondrial metabolic activity measurement was conducted by the classic MTT test showing an IC 50 of 2.0 μM. The propidium iodide labeling experiment showed DNA fragmentation higher than that observed in the control group, suggesting that the compound binds to some level with the genetic material. Treatment also altered cell adhesion in the first 48 hours, indicating cell death. Given the findings of this work, this class of molecules presents itself as a promising and versatile source of prototypes of new antitumor drugs.pt_BR
Aparece na Coleção:Farmácia



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.