Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/22844
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_GilmaraGabrielaDeCritoFernandes_tcc.pdf507,06 kBAdobe PDFver/abrir
Título: As mulheres sob o regime de Somoza e na Revolução Sandinista : um estudo a partir da obra A mulher habitada, de Gioconda Belli
Autor(es): Fernandes, Gilmara Gabriela de Cristo
Orientador(es): Vidigal, Carlos Eduardo
Assunto: Mulheres na literatura
Ditadura e ditadores
Nicarágua - política e governo 1979
Data de apresentação: 2018
Data de publicação: 4-Dez-2019
Referência: FERNANDES, Gilmara Gabriela de Cristo. As mulheres sob o regime de Somoza e na Revolução Sandinista: um estudo a partir da obra A mulher habitada, de Gioconda Belli. 2018. 50 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado e Licenciatura em História)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: A Nicarágua durante a segunda metade do século XX esteve sob um regime ditatorial. Através da obra “A mulher habitada” a autora Gioconda Belli narra esse acontecimento a partir da perspectiva de uma mulher. Este trabalho é um estudo a partir da análise das representações contidas na obra sobre as mulheres durante a ditadura somozista na Nicarágua. Assim como compreender, como ocorreu o processo de mobilização política dessas mulheres e investigar a importância dessa obra que retrata as mulheres como protoganistas desse processo. Por último, explorar em que medida essa narrativa é uma forma de não esquecimento da atuação das mulheres durante a Revolução Sandinista.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de História, 2018.
Aparece na Coleção:História



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons