Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/22388
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2019_VictorHugoFirmino_tcc.pdf478,4 kBAdobe PDFver/abrir
Título: A inexperiência política como alternativa : o que leva à eleição de presidentes outsiders na América Latina?
Autor(es): Andrade, Victor Hugo Firmino de
Orientador(es): Flores, Fidel Irving Pérez
Assunto: Presidentes - eleição
Eleições
Presidentes - América Latina
Data de apresentação: 12-Jul-2019
Data de publicação: 6-Set-2019
Referência: ANDRADE, Victor Hugo Firmino de. A inexperiência política como alternativa: o que leva à eleição de presidentes outsiders na América Latina?. 2019. 51 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Relações Internacionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Resumo: Este estudo comparado tem como principal objetivo identificar as condições que favorecem a eleição de um outsider à presidência de um país na América Latina. A literatura sobre o que é um outsider é plural e não consensual, dessa forma, o presente trabalho se refere a outsider enquanto candidato sem experiências prévias de grande expressão em cargos públicos eletivos, assim como atuação de destaque no governo estadual ou nacional. O estudo se limitou, ainda, a analisar casos na América Latina ocorridos a partir de 1995, sendo elencados casos de sucesso (eleitos) e casos de insucesso (não eleitos). Assim, a partir da literatura levantada, foram destacadas condições causais de mais forte expressão, produzindo cinco hipóteses. Tais hipóteses foram testadas comparativamente por meio dos casos levantados, utilizando o método de análise comparada crisp-set (csQCA), de forma a comprovar ou não sua veracidade. O trabalho concluiu que as condições causais destacadas não foram suficientes para explicar o fenômeno, de modo que nenhuma das hipóteses levantadas conseguiu ser provada. Por fim, o estudo oferece suas considerações finais, apreendidas ao longo de sua produção, visando contribuir para a construção de conhecimento sobre o tema.
Abstract: The main objective of this comparative study is to identify the conjunctural characteristics that favor the election of an outsider to the presidency of a country in Latin America. The literature about what is an outsider is plural and not consensual, in this way, the present work refers to outsider as a candidate without previous experiences of great expression in elective public positions, as well as prominent performance in the state or national government. The study was limited to analyzing cases in Latin America since 1995, with cases of success (elected) and cases of failure (not elected) being listed. Thus, from the raised literature, causal conditions of stronger expression were highlighted, producing five hypotheses. These hypotheses were tested comparatively by means of the collected cases, using the method of comparative analysis crisp-set (csQCA), in order to corroborate or not with its veracity. The work found that the causal conditions highlighted were not sufficient to explain the phenomenon, since none of the hypotheses raised could be proved. Finally, the study offers its final considerations apprehended throughout its production, aiming to contribute to the construction of knowledge about the theme.
Presidentes - Brasil - eleição
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, 2019.
Aparece na Coleção:Relações Internacionais - Graduação



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons