Utilize este link para identificar ou citar este item: https://bdm.unb.br/handle/10483/22151
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_LaynaraOliveiraDeSa_tcc.pdf888,6 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Aplicação de métodos empíricos de sensoriamento remoto utilizando imagens Landsat no Lago Paranoá – DF para estimativa de Clorofila – a e turbidez
Outros títulos: Application of empirical methods of remote sensoring using landsat images in Lake Paranoá - DF for chlorophila - e and turbidity estimation
Autor(es): Sá, Laynara Oliveira de
Orientador(es): Cicerelli, Rejane Ennes
Assunto: Abastecimento de água
Água - qualidade
Data de apresentação: 2018
Data de publicação: 12-Jun-2019
Referência: SÁ, Laynara Oliveira de. Aplicação de métodos empíricos de sensoriamento remoto utilizando imagens Landsat no Lago Paranoá – DF para estimativa de Clorofila – a e turbidez. 2018. 20 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Geoprocessamento Ambiental)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Os reservatórios de água como recurso para abastecimento público necessitam de monitoramento constante e de novas técnicas para complementar e indicar a qualidade da água, para isso o sensoriamento remoto pode facilitar o estudo de dados limnológicos. Por meio de uma série histórica de estimativas de clorofila-a e turbidez obtidos pela Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal e uma série temporal de imagens multiespectrais dos satélites Landsat 5, 7 e 8, e avaliou-se a relação entre estes dados através de métodos empíricos, sendo o Lago Paranoá (DF) como local de estudo. O parâmetro de clorofila - a (chl-a) respondeu de forma satisfatória alcançando correlação entre os dados espectrais e dados de campo de r² 0,72 para a banda do vermelho, já o parâmetro de turbidez alcançou baixos resultados com os índices de correlação com uma máxima de r² 0,39. O sensoriamento remoto para métodos empíricos demonstra-se favorável para detecção de chl-a, para turbidez as estimativas por serem extremamente baixas dificultam a detecção por meio de dados espectrais.
Abstract: Water reservoirs as a resource for public supply require constant monitoring and new techniques to complement and indicate water quality, for which remote sensing can facilitate the study of limnological data. By means of a historical series of estimates of chlorophyll and turbidity obtained by the Environmental Sanitation Company of the Federal District and a temporal series of images of the Landsat 5, 7 and 8 satellites, and the relationship between these data was evaluated through methods (Paranoá Lake) as a place of study. The chlorophyll-a (chl-a) parameter responded satisfactorily, reaching a correlation between the spectral data and the field data of r ² 0.72 for the red band, whereas the turbidity parameter reached low results with correlation indices with a maximum of r ² 0.39. Remote sensing for empirical methods proves favorable for chl-a detection, for turbidity estimates because they are extremely low make detection difficult by spectral data.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, 2018.
Informações de Acesso e Conteúdo: Autorização concedida pelo chefe do Instituto de Geociências para disponibilização na Biblioteca Digital da Produção Intelectual Discente da Universidade de Brasília (BDM).
Aparece na Coleção:Geoprocessamento Ambiental



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.